Fotos raras mostram os últimos samurais do Japão em 1800

A Restauração Meiji de 1868 acabou com a ditadura feudal, derrubando o Xogunato Tokugawa e restabelecimento do poder imperial. Dessa forma, tomou o poder dos senhores da guerra que governavam o Japão até aquele momento. Uma das mudanças que a Restauração trouxe foi a criação de um exército nos formatos modernos, em 1873.

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (10)

Com a criação do exército, os samurais não eram mais necessários. Os famosos samurais, que apesar de ser apenas 10% da população japonesa, possuíam uma quantidade enorme de poder. Desde então, perderam seu direito de ser a força armada da nação, e, eventualmente, até mesmo o direito de usar uma espada em público.

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (14)

As fotografias deste post mostram os últimos samurais do Japão (que não tem nada a ver com Tom Cruise no filme “O Último Samurai”, ainda bem). São registros feitos entre 1863 e 1900, anos finais do exercício de Samurai no Japão.

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (21)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (19)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (18)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (17)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (16)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (15)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (13)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (12)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (11)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (9)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (8)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (7)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (6)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (5)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (4)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (2)

iphoto-fotos-dos-ultimos-samurais (1)

Fonte: Bored Panda

Artigos relacionados

15 Comentários

    1. Elas foram editadas, sim. No Japão tatuagens sempre foram “malquistas”, até mesmo hoje não sendo completamente aceitas, por causa da conexão com a Yakuza (que existe há bastante tempo). Ter tatuagens era visto como sinal de mal caráter e conexão a organizações criminosas. Nenhum Samurai seria visto portando nenhuma forma de tatuagem, nunca.

  1. Não entendi muito bem a referência ao filme “Ultimo samurai”. As fotos não têm nada a ver com o filme, mas sim o inverso. Foi feito um trabalho intensivo de pesquisa na obra e ela retrata a era Meiji de forma bem interessante, mesmo com uma visão ocidental. Acho esse tipo de comentário prejudicial para uma matéria tão importante e interessante.

      1. Sua opinião não é fato, então não a coloque como tal, o filme é péssimo pra VOCÊ, eu achei o filme excelente, então aprenda a colocar sua opinião apenas como opinião e não como FATO.

      2. As fotos dos samurais estão bem legais. Algumas passaram do ponto em certos detalhes, mas no contexto geral foi um feliz resultado. Sobre o filme O Último Samurai eu li algo há poucos dias que falava: “Zwick não é Tarantino, muito menos Kurosawa, mas sabe manejar as câmeras durante as batalhas e os duelos de espadas.” É filme com astro de Hollywood (ou Hollyweed :D) então é pop, agrada e gera frisson.

    1. Concordo plenamente. O filme é Fabuloso e os próprios historiadores japoneses disseram que foi muito próximo a realidade tanto de roupa, cultura e comportamento

    2. Perfeita a colocação, penso em q a autora fez um belíssimo trabalho sobre a indumentária dos Samurais. Só. Ainda existem muitos samurais no mundo, não como eram no Japão medieval e suas consequências e devemos ser respeitados, pois tudo evolui. O filme em q Tom Cruise participa é uma ficção baseada em contexto histórico real. Os ensinamentos deixados são a arma do sucesso japonês, dois deles a honra e o respeito, o q deixou bem claro o filme. Gosto é uma questão pessoal. Com tespeito. Wallace

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *