“Fotos digitais não são confiáveis”, diz fotógrafo de guerra Don McCullin

Na semana passada, causou polêmica a notícia de que a agência de notícias Reuters não aceitaria mais fotografias criadas a partir de arquivos RAW. Os principais motivos seriam ter menos modificações nas fotos para tentar trazer a maior veracidade possível; e maior velocidade de entrega das fotos que devem sair direto em JPG da câmera.

O fotógrafo Don McCullin | Imagem: Canon/Divulgação
O fotógrafo Don McCullin | Imagem: Canon/Divulgação

Agora, o renomado fotógrafo de guerra Don McCullin, um dos maiores do mundo, de certa forma endossa a posição da Reuters com seu pronunciamento sobre fotografia digital. Na verdade, ele vai mais além. McCullin acredita que a fotografia digital pode ser “uma experiência totalmente falsa” e é algo que não pode ser confiável. São informações do The Guardian.

Irlanda em 1971 | Foto: Don McCullin/PA
Irlanda em 1971 | Foto: Don McCullin/PA

O jornal relatou que McCullin deu este pronunciamento na feira de arte Photo London. O fotógrafo lamentou que as câmeras digitais e o mundo da arte “sequestraram” o mundo da fotografia. “Eu tenho um quarto escuro e eu ainda processo filme, mas a fotografia digital pode ser um tipo totalmente falso de experiência”, disse. “Você pode mover qualquer coisa que quiser nela. A coisa toda não pode ser confiada de verdade”.

Beirut em 1982 | Foto: Don McCullin/PA
Beirut em 1982 | Foto: Don McCullin/PA

FONTE: THE GUARDIAN, PETAPIXEL

banner-livro-newborn-fotografia

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Não há mais volta. A fotografia digital é uma realidade, a não ser que os contrários mandem uma bomba com PEM em todos os servidores do mundo. Apesar de amar a analógica e até ter uma, não vejo como retrocedermos.

  2. Opa…assunto que meu povo gostcha….Só tenho a dizer o seguinte….Já existe tecnologia para averiguar a veracidade da fotografia digital. O FBI utiliza e desde 97 a Associação Internacional para Identificação passou a resolução 97-9, que reconhece a imagem digital como uma tecnologia cientificamente válida. Aliás a alegação do fotógrafo o coloca distante dos fatos históricos. Lembrando que a fotografia analógica é uma reprodução do negativo, qualquer tecnologia fotográfica até hoje é passível de adulterações criminosas. A reprodução analógica adotou processos próprios da época para continuar sendo usada na ciência forense, e claro, com o avanço tecnológico, a era digital também contemplou com mecanismos próprios, muito mais seguros, de averiguação.

  3. Já existe tecnologia para averiguar a veracidade da fotografia digital. O FBI utiliza e desde 97 a Associação Internacional para Identificação passou a resolução 97-9, que reconhece a imagem digital como uma tecnologia cientificamente válida. Aliás a alegação do fotógrafo o coloca distante dos fatos históricos. Lembrando que a fotografia analógica é uma reprodução do negativo, qualquer tecnologia fotográfica até hoje é passível de adulterações criminosas. A reprodução analógica adotou processos próprios da época para continuar sendo usada na ciência forense, e claro, com o avanço tecnológico, a era digital também contemplou com mecanismos próprios, muito mais seguros, de averiguação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *