Guerra de arquivos: Reuters não aceitará mais fotografias em JPEGs geradas a partir de RAW

Em um e-mail interno para fotojornalistas freelancers, a agência de notícias Reuters confirmou uma mudança na sua política de recebimento de fotografias. Ela solicita que os arquivos enviados sejam JPEGs direto da câmera, e não JPEGs gerados a partir de arquivos RAW.

iphotochannel-reuters-raw-jpg

A mensagem informa que JPEGs originais com ‘processamento mínimo’ são aceitáveis, por exemplo, apenas com correções de nível e de corte. O objetivo da nova política é aumentar a velocidade na obtenção das fotos, assim como manter um padrão ético elevado.

É uma decisão que pode irritar muitos fotógrafos, principalmente os mais perfeccionistas. Porém, ela faz sentido dentro do contexto atual da velocidade de informação. Especialmente para o fotojornalismo.

banner-livro-newborn-fotografia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *