Fotografia documental

O México contemporâneo de Graciela Iturbide

Livros de fotografia

Falar sobre o México é rapidamente pensar sobre toda a situação que o país vem enfrentando com os Estados Unidos, a generalização de uma terra sem lei, onde imigrantes enfrentam barreiras para viver o sonho americano. Mas há um México que não conhecemos, pouco explorado e que pode mudar nossa imaginação. A fotógrafa mexicana Graciela Iturbide nos apresenta esse mundo surreal e pictórico, nas palavras dela.

Hoje com 76 anos, Iturbide dedicou uma vida a fotografia e ao seu país, sem essa pretensão. Em entrevista ao Washington Post a fotógrafa conta que capta aquilo que a surpreende “E a partir daí, desenvolvo minhas obsessões”.  Retratos sinceros de um México que poucos de nós iremos conhecer. É preciso ser realmente íntimo de algo ou alguém para captar tamanha particularidade, como se o local apenas se revelasse a partir de uma conexão.

Suas exposições correm de Boston a Cidade do México apresentando um país rico em cultura, mas não uma cultura idealizada, o trabalho de Iturbide é exatamente sobre esse oposto. Em 2005 foi convidada a documentar a casa de Frida Kahlo, símbolo mexicano. A fotografia das próteses de Kahlo encostadas na parede fogem da representação que a mesma tomou em Nova York e Londres, um acessório de moda.

Fonte: The Washington Post

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!