Mercado Tecnologia

Polêmica! Fotógrafos não serão mais necessários na moda e produtos?

Modelo virtual Imma
congresso de fotografia

Recentemente, pesquisadores da NVIDIA desenvolveram uma rede de inteligência artificial capaz de criar retratos realistas de pessoas que não existem na vida real. Essa nova tecnologia, aliada aos avanços da CGI no desenvolvimento de personagens, levanta algumas questões sobre o papel do fotógrafo no processo de criação de imagem. Em um futuro próximo, fotógrafos podem não ser necessários para a criação de imagens de moda. E isso já pode estar acontecendo na fotografia de produtos.

Em um mundo reduzido a pixels, como acontece com a fotografia digital, era apenas uma questão de tempo até que a CGI começasse a alcançar resultados próximos à realidade quando se trata de pessoas. Locações, veículos, explosões, animais e muito mais já aparecem perfeitamente misturados em cenas de filmes, e está se tornando praticamente impossível dizer o que é ou não real. Agora, até mesmo pessoas reproduzidas em CGI estão se tornando cada vez mais realistas.

A exemplo do que acontece no filme Simone, de 2002, em que o produtor Viktor Taransky (Al Pacino) cria uma atriz digital, no Instagram podemos navegar pelo perfil de Imma, uma “modelo virtual” criada pela empresa Modeling Cafe, com sede em Tóquio. Seu nome é um jogo de palavras com “ima”, que significa “agora” em japonês. Percorrendo seu feed no Instagram, é fácil ser enganado ao pensar que as imagens de Imma são na verdade fotografias de uma pessoa real.

Pôster do filme “Simone”

Porém, quando você olha para alguns dos detalhes de perto, embora ainda seja muito impressionante, a “perfeição” se torna bastante óbvia. Claro, sua pele obedece a todas as regras como espalhamento de subsuperfície e a luz de fundo no cabelo reage com aconteceria em um cabelo real. Suas roupas também (que também foram aperfeiçoadas em computação gráfica há pelo menos duas décadas) parecem materiais reais e são realistas com dobras e vincos naturais em todos os lugares certos.

Muitos “modelos virtuais” têm aparecido no Instagram nos últimos dois anos. Muitos deles inicialmente pretendem ser pessoas reais. Balmain é uma marca que instantaneamente vem à mente. Mas, mesmo que a tecnologia se torne perfeita nos próximos anos, é provável que ainda leve algum tempo para ser algo acessível para todos. Assim como a Ikea lança catálogos de CGI, muitos outros fabricantes de móveis ainda confiam na fotografia, porque é mais ainda é mais fácil e barato.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por imma (@imma.gram) em

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por imma (@imma.gram) em

Visualizar esta foto no Instagram.

MC hammer ライブ Tシャツ1990 👅 #mchammer #vintage #tshirts #art #live

Uma publicação compartilhada por imma (@imma.gram) em

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por imma (@imma.gram) em

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por imma (@imma.gram) em

Sobre o autor

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!