Exposição Fine Art

Gordana Manic expõe ‘Híbridos’ na Central

Livros de fotografia

A fotógrafa de origem sérvia Gordana Manic está com uma individual em cartaz na galeria Central, na Vila Madalena, em São Paulo. A artista, que mora em São Paulo desde 1999 e tem doutorado em matemática e pós-doutorado em ciências da computação, realiza uma série de imagens que utiliza seu próprio corpo como plano de fundo. A mostra chama-se Híbridos e reúne três séries (Híbridos, Dentro e Pretéritos imperfeitos) que falam de relacionamentos conjugais e do papel do sentimento materno na sociedade contemporânea.

2916

Gordana trata desses temas por meio da aproximação física entre seu corpo e corpos de animais marinhos, aproveitando como discurso a simbologia de fluidez das águas. Outra característica do trabalho é o uso do preto e branco para acentuar seu caráter psicológico e autorreferente.

Selecionada pela convocatória “Nova Fotografia 2012” do Museu da Imagem e do Som (MIS), São Paulo, Gordana realizou outras duas individuais e participou de diversas coletivas. Entre os prêmios que conquistou, destacam-se o XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia, Prêmio Aquisição 40º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto e Prêmio Aquisição Arte Pará Anos 30.

Híbridos permanece em exibição até 9 de agosto, na Rua Mourato Coelho, 751.

Sobre o autor

Alcides Mafra

Jornalista e colaborador do iPhoto Channel (alcidesmafra@iphotochannel.com.br)

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário