As impressionantes paisagens corporais de Anton Belovodchenko

Para os apreciadores do corpo feminino, é fato que sob a luz ou momento certo verdadeiras paisagens podem se formar. A série em preto e branco de “bodyscapes” (paisagens corporais, em tradução livre) do fotógrafo Anton Belovodchenko traz o nu de uma forma diferente, poética, não apenas sensual ou vulgar.

Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko

Numa espetacular mistura de contorção, alto contraste e, ao menor toque de sensualidade, Anton transforma um simples nu na mais bela arte. O site 500px selecionou 31 desses bodyscapes publicados pelo fotógrafo em seu perfil do site. Confira abaixo.

Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko

Para ver mais do trabalho de Anton – que varia entre nus, instantâneos, fotos dos animais selvagens, aviões, entre outras – pode conferir o perfil do fotógrafo em sua conta do 500px.

Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko
Foto: Anton Belovodchenko

Artigos relacionados

44 Comentários

  1. Obra fantástica,com muita criatividade, técnica e luz muito bem trabalhada… diria que isso é desenhar com a luz. Sensualidade, beleza e sem ser vulgar… Equilíbrio perfeito entre Fotografo e modelo. Passam a ser “um” com o resultado do trabalho.Parabéns!!!

  2. As fotos são de uma delicadeza incrível, super sensuais e sem serem imorais. Gostei muito. São lindas as expressões do corpo humano que são divinas em suas curvas e detalhes.Ótimo trabalho.

  3. ÓTIMAS FOTOS.Pelas excelentes tomadas e poses que são de muito bom gosto, excitantes sem serem vulgares. A beleza está na simplicidade e o tom branco e preto dá um algo mais no corpo nu sem desviar o foco do principal.
    Gostei muito. O natural é para ser mostrado e visto sem demagogia ou preconceito. Ser natural
    e ser livre.

  4. Na boa, as fotos misturam beleza com sensualidade em preto e branco perfeito, mas, tem posição que se eu fizesse eu travava….kkkk…parabéns as modelos e ao fotografo!!

  5. Perfeita sincronia com o perfeito …. O humano é especialmente perfeito em todos os aspectos. Mas quando tratado de forma peculiar….resultado do olhar profissional que expressa nos mínimos detalhes o significado da leveza, da sutileza e da beleza que a lente pode captar. Parabéns.

  6. Fantásticas imagens. Simplesmente divina toa naturalidade e força. Impressionante a capacidade de instigar a escrita com tantas formas corporais repletas de energia e sensualidade, mas sem deixar que a vulgaridade e beleza feminina se submetam aos rotineiro costume das fotos que se apreciam nas revistas… Sem comentários! Demais!

  7. Sinceramente, não ví sensualidade em nenhuma das fotografia. Ví um trabalho artístico lindo, de uma plasticidade fantástica e uma perfeição absurda.
    Apesar de se tratar de uma mulher despida, não consegui me concentrar na sensualidade ou sexualidade, de tão perfeito e objetivo que o trabalho está.
    Lindo, lindo!!!

  8. Impressionante,Belissímas fotos! Se eu conseguice fazer o minímo desses exercícios,com certeza eu estaria andando perfeitamente de novo.

  9. Pena que haja tão pouca pluralidade de corpos, e ainda assim, o ensaio se pretenda um culto ao corpo feminino. Qual corpo? Só os corpos “esculturais” das fotos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *