Tendência

Superaquecimento de câmera: Canon registra patente com sistema inovador para dissipar o calor

Muitas câmeras, de diversos fabricantes, inclusive da Canon, tem apresentado problemas de superaquecimento. O exemplo mais recente é a Canon R5, que segundo inúmeros usuários, superaquece quando tentam gravar vídeos mais longos com resoluções mais altas.

Para tentar resolver isso, a Canon acaba de registrar no Japão uma patente com um novo sistema inovador para dissipar o calor das câmeras. De acordo com as ilustrações anexadas no pedido da patente, o calor será dissipado através da porta USB-C da câmera. Veja abaixo a ilustração explicativa:

Superaquecimento de câmera - Canon R5

Depois que os usuários descobriram o problema de superaquecimento da Canon R5 surgiram várias soluções de empresas terceirizadas para resfriar a câmera e prolongar o tempo de gravação. O exemplo mais bem-sucedido é o Tilta Cooling System, que essencialmente é uma pequena ventoinha conectada na parte traseira da câmera (veja a matéria completa neste link). Porém, a Canon, ao que parece, está disposta a resolver o problema com uma solução própria.

Superaquecimento de câmera - Canon R5
Superaquecimento de câmera: Solução para o resfriamento da Canon criada pela Tilta

O design apresentado pela Canon também é um cooler externo para câmeras mirrorless. O acessório é conectado na porta USB-C na lateral da câmera e, segundo a patente, deve atuar como um conduíte para dissipar o calor emitido pelo processador e sensor e transferi-lo para o dissipador de calor externo. Veja a ilustração abaixo:

Superaquecimento de câmera - Canon R5

Porém, o novo acessório pode criar outro problema: como ficarão as telas LCD de ângulo variável / móvel? Não ficou claro na patente se a Canon irá redesenhar o design das câmeras ou como vai resolver esse efeito colateral do uso do dissipador de calor. Então, o jeito é esperar para ver isso na prática.

Mas não seria possível criar um dissipar de calor interno nas câmeras? Muito difícil. Como as câmeras mirrorless são muito pequenas não existe espaço interno para instalar um dissipador de calor sem abrir mão de outros componentes fundamentais. Por isso, a Canon está apostando numa solução externa que provavelmente pode ser usado também em outros equipamentos que também estão apresentando superaquecimento como smartphones, tablets e laptops.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.