Cinema

Qual a diferença entre fotografia e cinematografia?

Foto: Martin Lopez

Frequentemente estamos relacionando fotografia e cinema, muitos filmes destacam-se pela fotografia impecável, que transforma toda cena. Mas há uma diferença entre cinematografia e fotografia. Essa diferença não se trata apenas do contexto em que as duas trabalham, mas sim com o modo de captação e as plataformas em que serão apresentadas.

Cinematografia é a arte ou ciência da imagem em movimento, captar uma cena enquanto acontece. Neste aspecto trabalha-se de diferentes maneiras para captar a atenção do leitor, e isso pode incluir os movimentos de câmera e continuidade. Já a fotografia é a ciência ou arte de captar imagens utilizando a luz, aplicando técnicas artísticas e emocionais.

É claro que a diferença de captação entre as duas existe mas a concepção artística muitas vezes são as mesmas. Na cinematografia há a preocupação de manter a atenção do espectador focada na tela, enquanto na fotografia é preciso uma pausa, concentração e análise. Muitas vezes o que estamos vendo, tanto no cinema quanto a fotografia impressa ou digital, pode não ser exatamente o que está sendo mostrado, afinal arte está aberta e livre para interpretações.

Algumas linguagens que vale a pena mencionar no cinema são de filmes memoráveis e de grandes diretores como os de Wes Anderson, que nos traz uma fotografia ímpar. É muito comum que alguém assista seu filme e logo já identifique o diretor, apenas pela fotografia que tornou-se uma característica. Essas linguagens criadas pelos profissionais da área os tornam muitas vezes únicos. Outros filmes são reconhecidos apenas pela sua narrativa, como é o caso de Amélie Poulain que tem seu roteiro estruturado de uma maneira em que o diretor Jean-Pierre Jeunet é um dos únicos a realizar de forma impecável.

Cena do filme Grande Hotel Budapeste de Wes Anderson
Cena do Filme Amélie Poulain de Jean-Pierre Jeunet

Da mesma maneira acontece na fotografia. Na fotografia documental e jornalística o fotógrafo Henri Cartier-Bresson pode ser identificado pela suas imagens, assim como as fotografias de Robert Capa, que durante o período de guerra ganhou grande destaque pelos movimentos. Essa criação artística acontece de maneira e independente, mas é possível que estejam presentes tanto na fotografia quanto na cinematografia.

Foto: Henri Cartier-Bresson
Foto: Henri Cartier-Bresson
Foto: Robert Capa
Foto: Robert Capa