Entenda o que há de novo nas atualizações do Lightroom

Atualizações anuais são sempre momentos interessantes para qualquer usuário de software, pois elas vêm acompanhadas de muitas novas funções e novidades. Entretanto, a nova atualização do Adobe Photoshop Lightroom 2018 foi muito além, alterando o ecossistema da plataforma Lightroom, mudando o nome do programa e confundindo muita gente.

Adobe Photoshop Lightroom Classic CC

Apesar de pomposo e diferente, Lightroom Classic CC (versão 7.0) é o novo nome do conhecido programa com o qual estamos habituados. Entre as novidades, estão diversas melhorias de desempenho (Sim! O programa realmente parece mais ágil e fluido!), um novo perfil de Processamento do RAW e uma nova função que permite refinar máscaras (de ajustes localizados) com base na luminosidade ou cor da cena.

O Lightroom Classic CC é o velho conhecido de sempre

Mas se pouca coisa mudou, qual é o motivo para a mudança do nome?

Apresento o Adobe Photoshop Lightroom CC

Com o intuito de unificar a interface e o funcionamento do Lightroom entre as diversas plataformas (Windows, Mac, Web, Android e iOS), um “novo” Lightroom para computadores foi apresentando, tomando para si o nome que conhecemos e assumindo o número de versão 1.0.

O Lightroom CC oferece praticamente todas as funções de tratamento que o seu irmão Classic (com exceção do ajuste de máscara por cor ou luminosidade), mas com uma interface mais simples e acessível. Quanto às ferramentas de fluxo de trabalho, o novo Lightroom carece de diversos recursos de organização e conta com um sistema de Importação e Exportação totalmente simplificado.

O novo Lightroom CC oferece recursos para gerenciar suas imagens diretamente na nuvem da Adobe

Entretanto, o principal diferencial desta nova versão é que todo o seu trabalho – incluindo suas fotos – será constantemente sincronizado com a nuvem da Adobe, permitindo que você continue trabalhando de forma ininterrupta em qualquer plataforma.

Para tanto, a Adobe expandiu o espaço disponível na Creative Cloud (20GB no plano para Fotógrafos e 100GB no plano completo) e passou a oferecer um novo plano, que conta apenas com o Lightroom CC (sem o Photoshop ou o Classic) e 1 TB de espaço por R$ 35,00/mês. Usuários que precisem de mais espaço pode adquiri-lo por R$ 35,00/mês por TB.

Confusão entre os Usuários

A mudança nos nomes causou muita confusão entre os usuários, pois a inclusão do Classic no Lightroom que conhecemos passou para muitos a ideia de que a Adobe estaria se preparando para descontinuar o software em prol do novo modelo. Entretanto, a Adobe já garantiu que não planeja encerrar o Lightroom Classic e que conta com um roadmap de atualizações para ele que irá agradar aos usuários tradicionais.

O anúncio teve um grande impacto e muitos usuários ainda estão divididos entre a insegurança com o futuro do software e a empolgação com o novo ecossistema.

Tudo ainda é bastante novo e levará algum tempo para percebermos o rumo que o programa irá tomar e qual modelo é mais interessante para cada usuário. Adicionalmente – como já era esperado – o Lightroom 6 passa a ser a última versão do programa que podia ser comprada como um software independente, fora da assinatura da Creative Cloud.

 

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Tenho LR 6 no desktop e quero usar no note, existe a possibilidade de usar a mesma conta (compra) ou tenho que baixar o CC e fazer uma nova compra?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *