Dicas de fotografia para iniciantes: o briefing com o cliente

Depois de todos os artigos e reflexões anteriores, estamos prontos para falar agora sobre algo não menos importante, aliás, arriscaria dizer que é um dos primeiros itens mais importantes em qualquer trabalho fotográfico, pois é um trabalho que antecede todos os outros itens que já conversamos: O Briefing com o cliente.

Sentar e procurar entender o que o seu cliente deseja é a alma de qualquer trabalho, seja ele fotográfico ou não, afinal quando fazemos algo para outra pessoa, queremos que aquilo seja bem feito e bem aceito, e raramente ( para não dizer nunca) queremos ter o tão temido retrabalho, já sabendo inclusive que algumas áreas na fotografia não permitem erros, o que só faz aumentar a nossa responsabilidade. Portanto esteja sempre atento ao que o seu cliente espera de você, e mesmo que ele já conheça e confie no seu trabalho de olhos fechados, não deixe passar em branco um bom atendimento.

1º Sente com o cliente quantas vezes for necessário para que você e ele consigam ter uma comunicação fina, e ambos consigam entender e perceber o que irão fazer. É também esse o momento de falar sobre prazos, preços e assinatura de contrato. Sim, não deixe passar em branco nenhum desses itens para se certificar de que não haverão problemas posteriores atrelados a você e a sua marca, acredite, não há nada pior do que ter muito trabalho para depois precisar apagar tudo. Portanto não esqueça: contrato sempre!

Dicas de fotografia para iniciantes
Foto por Pri Santos – https://fotografiaprix.wordpress.com/2015/12/21/ensaio-feminino-deise-daiane/

Conversando com a cliente da fotografia acima, pude perceber que ela queria poses e looks que favorecessem a forma do seu corpo, justamente por ela ser gordinha. Outro desejo dela, era que as fotografias pudessem ser utilizadas como um book para plus size.

Caprichamos no look, ângulos e iluminação para que o trabalho ficasse satisfatório para ela. O maior trabalho aqui foi iluminar bem e escolher cuidadosamente ângulos e poses, o tratamento de pele foi o desejável pelas agências de modelo e o resultado foi a cliente super satisfeita e feliz com o resultado.

2º Depois de entender o que o seu cliente deseja, não poupe em mandar referências fotográficas para ele. Tenha o habito saudável de estar sempre vendo imagens, pesquisando, estudando, colecionando poses, referencias, assistindo filmes. Não hesite em compartilhar também referencias de looks, combinação de cores e texturas com o seu cliente, faça uma seleção de imagens específicas que você acredita que se encaixam nas expectativas dele, e claro, que você tenha a capacidade técnica de realizar (nunca prometa algo que você não vai conseguir fazer!).

Dicas de fotografia para iniciantes
(Referencia enviada – Encontrado em tetinotete.tumblr.com)
Dicas de fotografia para iniciantes
Foto por Pri Santos – https://fotografiaprix.wordpress.com/2015/09/06/ensaio-masculino-igor-callarrary/

Acima temos um exemplo de referência enviada para o cliente e fotografia realizada tendo como inspiração o look e a pose (os braços cruzados). Perceba que enviar uma referência não implica em copiar o trabalho de alguém, mas sim, que você vai ter uma base para criar e se inspirar a partir de várias outras construções.

Um site muito bacana para criar bancos de referências de todos os tipos e estilos que você possa imaginar e sobre qualquer tema é o Pinterest. Se você ainda não conhece, corra lá e crie uma conta no Pinterest, é muito simples e fácil, o difícil mesmo é não ficar viciado nos painéis.

Bem, espero que hoje você tenha conseguido refletir sobre mais esse ponto importantíssimo sobre a construção da sua fotografia desde a pré produção. Um grande abraço, ótimos estudos e pinagens para você!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *