Tendência

3 perguntas para fazer antes de comprar uma nova câmera fotográfica

O fotógrafo britânico Jason Row escreveu ao site Light Stalking sobre as três perguntas que devem ser feitas antes de você adquirir um novo equipamento, principalmente antes de comprar uma nova câmera fotográfica. As perguntas são pertinentes e podem ajudar a solucionar dúvidas, evitando gastos desnecessários.

Segundo Jason, o tempo urge e o mercado fotográfico não está fora disso. A partir do momento em que adquirimos uma nova câmera, estamos fadados a ver um novo e melhorado modelo ser lançado. Estar sempre na vanguarda da fotografia pode ser viciante, caro – e sem necessidade na maioria das vezes.

1. Eu preciso disto?

Para Jason, essa deve ser a primeira pergunta a ser respondida. O mercado fotográfico atual tem sido movido mais pelo marketing do que pela revolução tecnológica. Não há grandes saltos na indústria, apenas pequenos passos: os melhoramentos nas câmeras não passam de pequenas e singelas mudanças que poderiam ser feitas todas de uma vez, mas que parecem se arrastar ano após ano, modelo após modelo, para que essas pequenas melhorias sejam o chamariz para a venda dos modelos top de linha. Você não precisa de um touch screen na sua câmera, precisa? É um melhoramento, mas é uma revolução?

3 perguntas para fazer antes de comprar uma nova câmera fotográfica
Foto: Pexels

Apesar de algumas mudanças serem importantes, não basta se deixar levar pelos tentadores reviews de sites ou revistas que garantem que a câmera é espetacular – certas revistas e sites são pagos para falarem bem dos produtos e temem que fazer resenhas sinceras demais acarrete o cancelamento do apoio das fabricantes. Fóruns especializados também não são 100% confiáveis. Fotógrafos podem ser apaixonados demais por uma marca (os chamados fanboys) e defendê-la cegamente, não dando o braço a torcer para a fabricante rival.

Portanto, antes de comprar uma nova câmera, leia muitas resenhas e testes, certifique-se de que esse novo equipamento irá trazer reais mudanças e cobrir a necessidade que a sua câmera antiga já não supre.

2. Isto irá fazer de mim um fotógrafo melhor?

Jason Row lembra de fotógrafos que dizem que o equipamento não importa para uma boa fotografia. Nem sempre é verdade. Um fotógrafo de paisagem pode ter mais vantagem com um equipamento que lhe dê mais opções de profundidade de campo, aumentando a distância e os detalhes em sua fotografia. Também pode ser mais bem-sucedido com uma câmera que possua disparo rápido para capturar animais selvagens com mais precisão. Mas qual seria a vantagem do uso do disparo rápido para um fotógrafo de paisagens?

3 perguntas para fazer antes de comprar uma nova câmera fotográfica
Foto: Jéshoots/Pexels

O fotógrafo deve se perguntar se “esta câmera tem características e recursos suficientes para tornar a minha fotografia melhor?” de um modo geral e não em apenas em uma ocasião em particular. Escreva os momentos em que você vai utilizar esses recursos e leia o que você escreveu alguns dias depois. Não tente justificar o uso desses recursos em uma ocasião especial – afinal, qual é a frequência com que você fotografa natureza e outros eventos que exigem, por exemplo, o disparo rápido?

Não seja comprado por recursos que não agregarão um uso real na sua fotografia.

3. Eu posso comprar?

Row dá a dica: analise as respostas das duas perguntas acima e reflita se a câmera pretendida vale o benefício enumerado nas perguntas anteriores. Você irá vender o seu equipamento antigo para que não fique tão pesado o preço da câmera nova? Aliás, esse equipamento novo irá fazer você ganhar mais dinheiro? Seja realista e justifique a si mesmo o motivo da compra. Pense também no preço e facilidade de revenda no futuro. Um exemplo disso são as lentes que, mesmo usadas, ainda possuem um grande valor de revenda, ao contrário do corpo das câmeras, que perdem o valor rapidamente no mercado dos produtos usados.

3 perguntas para fazer antes de comprar uma nova câmera fotográfica
Foto: Pexels

Para terminar, pense bem nos passos que você dará na hora de comprar um novo equipamento. Não caia nas armadilhas que o marketing e o mercado colocam no caminho para vender mais sem oferecer reais benefícios, apenas gerando necessidades ilusórias, fomentando o desejo com recursos que, até então, você não precisava. Pense com o bolso e com a cabeça, nem sempre com o coração.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *