Equipamentos de fotografia

A melhor coisa para o mercado de câmeras é o fim da Nikon?

O fotógrafo britânico Mike Smith escreveu um artigo para o renomado site Fstoppers defendendo a saída da Nikon do mercado de câmeras. Mas por que isso seria bom? Na visão de Smith a saída da Nikon seria importante para tornar o mercado mais sustentável diante da queda drástica de vendas de câmeras digitais nos últimos 10 anos, principalmente depois do surgimento dos smartphones, que levaram o mercado a encolher para o tamanho, em vendas unitárias, ao que era em 1984, como mostra o gráfico abaixo.

Para Smith, se o mercado está drasticamente menor e existem muitas empresas e muitos produtos é essencial reduzir o excesso de produção de equipamentos e torná-lo mais eficiente com custos menores. “Para que houvesse uma mudança no mercado, precisaríamos ver um dos maiores produtores – e especificamente um dos três grandes – sair do mercado. A Canon e a Sony investem muito pesadamente, são diversificadas e têm muito sucesso para querer se retirar. Isso deixa a Nikon como a principal candidata para o fechamento de sua linha de produção. Isso teria o benefício de reduzir a capacidade e, consequentemente, a concorrência, permitindo um aumento nos preços e, consequentemente, nas margens para o setor”, avalia Smith.

Embora defenda a saída da Nikon do mercado, Smith trabalha principalmente com equipamentos da empresa no seu dia-a-dia. Sua opinião é mais uma preocupação com o futuro sustentável do mercado de câmeras diante do cenário econômico atual e o posicionamento das 3 gigantes do setor. Para Smith, a divisão de câmeras da Nikon representa uma fatia menor da receita da empresa e a cada ano diminui ainda mais. Então, a saída desse segmento poderia beneficiar o restante do mercado e a própria Nikon, que poderia melhorar seu foco em áreas onde tem mais sucesso e receitas atualmente.

Para não ser o profeta do apocalipse dos amantes da Nikon ou um defensor ferrenho do seu fim, Smith acaba seu texto deixando em aberto para os fotógrafos a pergunta: “A Nikon deveria cortar suas perdas e sair do mercado de câmeras? Isso tornaria o mercado mais equilibrado e teria um melhor desempenho?”. Ele deu seus argumentos e você o que acha? Seria bom ter apenas Sony e Canon no mercado com o risco de pagar ainda mais caro para ter câmeras e lentes em favor da sobrevivência e melhores resultados dos fabricantes? Com certeza é um bom debate. Deixe sua opinião nos comentários.