Cinema Colunistas Dicas de Fotografia Dicas do Vernaglia Vídeos

Que câmera eu compro para filmar?

Livros de fotografia

Se existe um dilema comum em discussões fotográficas na internet é a procura por um equipamento para vídeo e fotografia. Desde gente em início de carreira até profissionais experientes, as dúvidas parecem persistir.

Vivemos num mercado dinâmico, no qual evoluções tecnológicas cumprem um papel importante. Por isso, o volume de novidades e lançamentos é sempre muito grande, com cada equipamento recheado de especificações técnicas que normalmente muitas pessoas não dominam.

Procuro com este artigo e o vídeo que está mais abaixo passar algumas orientações sobre fatores que, na minha opinião, são importantes para o mercado de vídeo. Não dei muita ênfase na parte de fotografia porque hoje todas as DSLR dos principais fabricantes são bastante bem resolvidas em termos de qualidade de fotografia.

Assim, estes são recursos que você deve procurar em uma câmera DSLR ou mirrorless quando estiver pensando na área de vídeo:

iPhoto Channel_Dicas do Vernaglia_Cinefotografia_Panasonic Lumix GH4
Panasonic GH4 está entre as câmeras que permitem controle do foco na tela sensível ao toque

1. Sistema de foco automático em vídeo: todas as DSLR e mirrorless atuais têm sistemas de foco interessantes para a fotografia, mas o mesmo não vale para vídeo. Focalização eficiente em vídeo pode tornar o dia de trabalho mais produtivo e, neste sentido, das câmeras que testei, os melhores sistemas de foco automático estão nas Panasonic GH4, Canon EOS 70D e Canon EOS Rebel T5i. Nessas três câmeras o foco pode ser comandado através do LCD touch screen simplesmente tocando na tela e apontando o local onde a câmera deve focar. Outros modelos de DSLR e mirrorless possuem foco contínuo em vídeo, mas a ausência desse controle por toque as coloca num nível abaixo em facilidade de foco. A nova Canon EOS 7D Mark II, com características interessantes de vídeo (incluindo foco contínuo), não tem o recurso do touch screen, infelizmente. A recém-anunciada Samsung NX1 apresenta foco contínuo em vídeo e controle por touch screen (espero poder em algum momento testar essa câmera para poder emitir uma opinião sobre ela).

2. Modo 1080p a 60fps: apesar dos mitos sobre gravar em 24 quadros por segundo e a pretensa característica cinematográfica conferida por esse frame rate, o fato é que existem infinitas situações nas quais ter frame rates mais rápidos é útil. Qualquer cena que possa se beneficiar dramaticamente do slow motion precisará ser captada com frame rates rápidos, pois isso melhora a qualidade do slow motion. Assim, o modo 1080p com 60 quadros é uma necessidade. Esportes, eventos, institucional, publicidade, absolutamente todas as áreas de vídeo têm utilidade para isso. Hoje, o modo 1080p em 60fps está disponível em quase todas as câmeras Nikon, Sony, Panasonic, entre outras, e nas novas Samsung NX1 e Canon 7D Mark II. Isso mesmo, nenhuma outra Canon atual tem esse recurso.

iPhoto Channel_Dicas do Vernaglia_Cinefotografia_Canon EOS 7D MK II
Entre as Canon, apenas a 7D Mark II grava a 60 quadros por segundo

3. Bom alcance dinâmico: este é um campo bem resolvido para toda câmera em modo fotográfico. Qualquer DSLR ou mirrorless tem pelo menos doze pontos de alcance dinâmico para fotografia em modo Raw, mas a maioria não chega a nove pontos quando em modo de vídeo. Isso se dá pelo fato de haver muita compressão de dados na gravação dos arquivos de vídeo. Houve melhora quando alguns modelos da Canon passaram a apresentar escolha de nível de compressão entre All-I e IPB, sendo que o All-I apresenta alcance dinâmico ligeiramente superior ao IPB.

Em meus testes, as campeãs do alcance dinâmico são a Sony A7S, atingindo pelo menos onze pontos de alcance em vídeo, e a Panasonic GH4, com pelo menos dez pontos. Há testes na internet que demonstram alcances de doze ou treze pontos em vídeo para algumas câmeras DSLR e mirrorless, mas temos que lembrar que uma coisa é medir o alcance gravando um gráfico luminoso na parede, outra coisa é gravar cenas reais em nossos trabalhos. Assim, quando eu vejo um teste desses feito com gráficos afirmando que uma câmera apresenta treze pontos de alcance em vídeo, eu sei pela minha experiência que o alcance real é de onze pontos ou menos, pois os extremos claros geralmente são comprometidos em sua qualidade de cor e os extremos escuros ficam recheados de ruído de imagem. Então, é melhor tirar pelo menos um ponto de cada extremo para saber qual será o alcance real do equipamento no uso diário.

iPhoto Channel_Dicas do Vernaglia_Cinefotografia_Sony A7s
A Alpha 7s, da Sony, é a campeã do alcance dinâmico e do baixo ruído de imagem

4. Baixo ruído de imagem: essa característica está atrelada ao alcance dinâmico e ao tamanho do sensor de captura de imagem. Sensores full-frame tendem a ter menos ruído que os APS-C, e estes, por sua vez, menos ruído que os micro 4/3″. Sobre este tópico vejo que há uma paranoia entre fotógrafos e cinegrafistas, já que o ruído de quase toda câmera atual é menor do que o que existia poucos anos atrás, seja se compararmos com a granulação do filme fotográfico (e o filme cinematográfico também), ou se compararmos ao ruído de imagem das camcorders com sensores de 1/3″e 2/3″. Além disso, o ruído é visto por nós, profissionais de imagem, vasculhando nossos frames em monitores de alta qualidade e colocando a imagem em 100%, às vezes 200%, na tela. Esses vídeos, depois de comprimidos para um DVD ou mesmo Blue Ray, ou ainda supercomprimidos para sites como Youtube, sofrerão tanta interferência e serão exibidos em televisores e monitores de menor qualidade que, sinceramente, os clientes e o público raramente irão notar o ruído.

Seja como for, no sentido do ruído de imagem, a campeã do mercado é a Sony A7S, que ganha das outras DSLR e mirrorless full-frame, como a  5D Mark III, EOS 6DNikon D810 e Sony A7 e A7R. Espera-se da nova Nikon D750 um desempenho acima da D810 e provavelmente acima da 5D e da 6D no aspecto do ruído de imagens, ficando apenas abaixo da A7S, provavelmente. Num degrau inferior, iremos encontrar todas as DSLR e mirrorless APS-C e 4/3″, com apenas ligeiras variações entre elas. É lógico observar, no entanto, que há diferenças entre modelos: uma 7D Mark II tem desempenho melhor que a 7D de primeira geração, pois é isso que se espera de uma câmera mais nova sobre a mais antiga, mas não há milagre, sensor APS tem mais ruído que sensor full-frame. A nova Samsung NX1 é APS, então espera-se dela um desempenho na área de ruído semelhante à 7D Mark II e Panasonic GH4, esta última, apesar de ser 4/3″, sensor menor que o APS, trabalha muito bem a questão do ruído, sendo perfeitamente comparável às melhores APS do mercado.

iPhoto Channel_Dicas do Vernaglia_Cinefotografia_Canon EOS 70D
Tela articulável da Canon 70D está entre as mais funcionais

5. Monitor articulado: este não é um recurso obrigatório, mas é altamente útil quando temos que trabalhar com a câmera numa altura muito baixa ou muito alta. Poder virar o monitor em nossa direção ajuda a enquadrar, focar, conferir o histograma e a exposição, enfim, ajuda de forma geral. Nesse sentido, Canon EOS 70DCanon EOS Rebel T5i e Panasonic GH4 são câmeras extremamente confortáveis para trabalhar. A linha Sony A7 tem um monitor parcialmente articulado, útil em alguns casos, mas não tão interessante quanto os totalmente articulados das GH4, T5i e 70D.

Vamos assistir ao vídeo? Está aí embaixo:

O vídeo teve trabalho de câmera e assistência feitos por Cris Alencar. Foi gravado com a Sony A7S, ISO 25600. Lente Sony 70-200 f/4 ajustada em f/8. O vídeo foi reduzido de 1080p (como foi captado) para 720p apenas pela comodidade de tamanho do arquivo exportado.

De volta ao artigo…

Por fim, dentro das características listadas, é você quem deve decidir o que é importante para seu trabalho. Não sou eu ou qualquer outro quem deve decidir o melhor equipamento para você. Eu não teria a pretensão de dizer para que alguém compre X ou Y, mas a análise dos fatores certamente o levará a uma decisão mais acertada, pois levará em conta as suas próprias necessidades.

Apenas para citar o exemplo do meu dia a dia profissional, que é focado em vídeos institucionais de indústrias, documentários e vídeos artísticos autorais, o desempenho de ruído de imagem não é fundamental para mim, pois boa parte das empresas são bem iluminadas. Por outro lado, a qualidade de foco automático é importante, pois não posso esperar que parem uma linha de montagem por minha causa, tenho que conseguir focar pessoas, peças e máquinas que estão se movendo o tempo todo. Nesse cenário, escolhi a Canon EOS 70D como minha principal câmera, e estou bastante satisfeito com ela, mesmo não sendo full-frame, não tendo o melhor desempenho do mundo em baixa luz e sequer tendo o modo 1080p a 60fps, mas com um sistema de foco simplesmente sensacional.

Quando preciso de qualidade acima do que a 70D é capaz de entregar, seja para ter slow motion de alta qualidade, ou um alcance dinâmico melhor, uso a Panasonic GH4. Essas são minhas duas escolhas para meu dia a dia, ambas com foco excelente e monitor articulado, no caso da GH4 com amplas possibilidades de slow motion (até 96fps), e ambas com um desempenho apenas discreto na questão do ruído de imagem.

Se eu não fizesse uma análise criteriosa das minhas necessidades, talvez gastasse bem mais dinheiro numa full-frame que teria pouco ruído mas não focaria bem, e isso certamente não serviria para o meu caso.

Pense nisso com calma e lembre-se que o seu equipamento deve resolver os seus problemas. Qualquer outra coisa fora disso não tem tanta importância. Nos vemos por aí.

poses-perfeitas

Sobre o autor

Armando Vernaglia Jr.

Vernaglia é colunista do iPhoto Channel. Fotógrafo e diretor de fotografia, Armando Vernaglia Jr vive em São Paulo mas atua e atende em todo o Brasil. Com mais de 16 anos de experiência na fotografia, especializado em fotografia de arquitetura, ambientes, turismo e produtos, é também professor de fotografia e cinema, consultor de imagem e palestrante.
Acesse o site.

8 comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Tenho uma dúvida sobre a canon SL1 se vale a pena para filmagem, ela tem foco contínuo, mas bateria bem fraca para foto, imagino que com vídeo seja ruim também, se ela compara-se a alguma da canon, t5i, 70D..

  • Olá Walter Jr. Nunca testei a SL1, mas as especificações são de uma câmera bem básica, a captura de imagem dela certamente fica no mesmo nível de outras DSLR de base da Canon como a própria T5i, mas é uma câmera bem simples, que eu veria mais como possível câmera de backup e jamais como equipamento principal de trabalho. Mesmo a T5i… o ponto de câmeras super compactas é que faltam botões, o acesso às funções da câmera acontece muito pelo menu o que em geral é uma tarefa mais lenta, a 70D tem mais botões pelo corpo para acesso mais rápido e prático para cada função da câmera.
    []’s
    Armando

  • Olá! Ótima postagem, me ajudou a não gastar o que não tenho numa fullframe.
    Me dê uma ajuda por favor, faço videos para minha esposa(MarcelePuppim caso queira ver algum vide) postar no youtube e preciso saber se alguma DSLR (tenho pensado na T5i ou nikon d5500) faria video melhor que minha filmadora Panasonic SD900. Já tentei ver varios videos, um até legal no youtube que um cara compara essa minha com uma dslr e mostra a dslr melhor ai fui ficando na duvida mas também penso se não seria problema na iluminação e nao na camera pois isso influencia boa parte do video né?! Enfim, se vc souber vendo as definições tecnicas das cameras qual é a melhor me fala. Sei que sem testar deve ser difícil mas agradeço.

    • Gostaria de saber sua opinião entre esta canon e a nikon sitada pelo nosso amigo. Tenho duvidas sobre qual adquirir para realizar melhor meu trabalho. Faço filmes de eventos como: casamentos, aniversários, etc.
      No momento trabalho com uma Canon T3i, e queria dar um upgrade na qualidade da imagem registrada e na focagem dos takes, sou novo no ramo e não sei se é impressão minha, mas acho que a T3i não foca tão rápido, quero entregar mais recursos e qualidade. ecursos que quero poder utilizar e pensei em adquirir um destes modelos sitados. Desde já agradeço sua atenção, peço perdão ao amigo Leo por invadir o tópico dele! 🙂

  • Vernaglia. Nikon D5300. Por que? Custo benefício, qualidade de fotografia e vídeo. Minhas necessidades. Eu viajo bastante então quero uma câmera com boa qualidade tanto pra foto quanto pra vídeo, por isso fugi um pouco das compacta. Uso muito com e sem tripé, quando estou andando e etc, meu medo é justamente com relação ao foco que ouvi coisas positivas e negativas. Enfim, o que acha? D5300 ou…? Obrigado 🙂

  • Tenho um projeto de cinema e pretendo comprar uma câmera nova, n tenho um alto orçamento e queria saber qual câmera seria melhor de entrada:
    Canon t5i
    Nikon d5300
    Panasonic G7

    Agradeço desde já.