Sony lança a Alpha 1, considerada a melhor câmera mirrorless criada até hoje

A Sony anunciou o lançamento de sua nova câmera mirrorless: a Sony Alpha 1. Uma câmera que agrupa todas as melhores tecnologias da Sony em um só corpo e por isso está sendo considerada a melhor câmera mirrorless de todos os tempos. A Sony Alpha 1 possui nada menos do que 50 megapixels de resolução e pode capturar até 30 quadros por segundo – a velocidade de disparo mais rápida de todos os tempos, bem como vídeos de 8K. A tecnologia de autofoco da nova Sony permite até 120 cálculos de autofoco por segundo, o que é o dobro da velocidade da Sony a9 II.

Mesmo com a alta contagem de pixels deste sensor, o Alpha 1 oferece alta sensibilidade com baixo ruído, mais 15+ pontos de faixa dinâmica para vídeo e 15 pontos para fotos, para gradações suaves e naturais de sombras a realces, graças ao seu sistema de processamento de ponta , em uma ampla faixa de sensibilidade ISO de 100-32.000 (expansível para 50-102.400, ao tirar fotos).

Ele também possui um obturador eletrônico silencioso e livre de vibração que apresenta a primeira fotografia anti-oscilação do mundo com obturador mecânico e eletrônico. Além disso, o Alpha 1 é capaz de sincronizar o flash do obturador eletrônico até 1/200 segundo e até 1/400 segundo com o obturador mecânico (isso se estende até 1/500 ao fotografar no modo de corte APS-C) graças ao que a empresa está chamando seu “obturador de acionamento duplo”.


A Sony diz que a Alpha 1 é uma “câmera de cinema profissional”, pois é capaz de capturar vídeos de 8K a até 30 quadros por segundo, a primeira na linha Alpha. O Alpha 1 também suporta S-Cinetone, que está na linha de cinema, que oferece cores de cinema, bem como S-Log3 de 10 bits, que oferece mais de 15 pontos de faixa dinâmica. 

Como esperado, o a2 também suporta estabilização ótica de imagem corporal de 5 eixos para 5,5 pontos de estabilização e uma estrutura de dissipação de calor para gravação estendida: 30 minutos em 4Kp60 ou 8K. Ele também pode exportar vídeo bruto de 16 bits via HDMI.

A Alpha 1 tem dois slots de mídia que suportam cartões UHS-I e UHS-II SDXC / SDHC, bem como novos cartões CFexpress Tipo A para maior capacidade geral e velocidades de leitura / gravação mais rápidas. Ele também possui um chassi de liga de magnésio durável, bateria de longa duração com a bateria Z, que pode ser estendida usando o Punho Vertical VG-C4EM opcional (vendido separadamente), um recurso de remoção de poeira aprimorado, função de fechamento do obturador ao desligar para proteger a imagem sensor, além de resistência à poeira e umidade que maximiza a confiabilidade em ambientes desafiadores. Inclui um conector HDMI tipo A durável e confiável e suporte USB PD (Power Delivery), permitindo que mais energia seja fornecida de uma fonte externa para que os usuários possam gravar por longos períodos com uso mínimo da bateria interna.

Porém, tanta tecnologia terá um preço bastante salgado e para poucos. A Sony Alpha 1 está em pré-venda nos Estados Unidos por um valor inicial de US$ 6.500, o que na cotação do dólar atual em conversão direta no Brasil, daria algo em torno de R$ 32 mil (sem contar a incidência de impostos a partir do momento das vendas serem liberadas no Brasil), o que pode fazer a câmera custar mais de R$ 40 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *