Edição Sem categoria

Adobe proíbe uso de versões desatualizadas de programas do Creative Cloud

Livros de fotografia

A Adobe causou nos últimos dias com o anúncio que deixou os usuários desconfortáveis. A marca proibiu o uso de versões antigas de seus programas e mandou uma notificação aos usuários desatualizados. “Descontinuamos recentemente certas versões mais antigas de aplicativos da Creative Cloud e, como resultado, sob os termos de nosso contrato, você não tem mais licença para usá-las”, afirma a Adobe.

Portanto de acordo com aquele contrato que apenas clicamos em “aceitar” a marca tem o direito de banir o uso e ainda avisa que “possíveis alegações de violação por terceiros” podem ocorrer. Para a Adobe “Terceiros incluem qualquer pessoa ou empresa que possa ter uma reivindicação de direitos autorais ou outra violação de propriedade intelectual em virtude de seu uso continuado de produtos não autorizados” explica a empresa.

A explicação para o ocorrido é que a Adobe está tendo que pagar taxas para a Dolby. Desde março de 2018 as duas empresas batalham judicialmente em sigilo por uma suposta quebra de acordo, e agora a Adobe precisa pagar taxas de royalty com base no número de pessoas que utilizam os programas com tecnologia Dolby. O pacote CC de fotografia da Adobe subiu de preço nos últimos tempos para R$ 43,00.

Fonte: Tecnoblog

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário