Tendência

Fotógrafo encontra sua lente roubada sendo vendida online e não pode fazer nada

O fotógrafo Nathan Cowlishaw (também conhecido como Nathan Arizona) sofreu um assalto e perdeu US$ 10.000 (dez mil dólares) durante um roubo de equipamentos fotográficos (lentes e câmeras). Recentemente, Nathan encontrou uma de suas lentes mais icônicas sendo vendida online. Porém, não está conseguindo impedir o “meliante” de continuar comercializando seu equipamento por causa da burocracia da polícia e da política da plataforma de vendas.

“Uma noite, dois anos atrás, alguém roubou US$ 10.000 do meu equipamento fotográfico. Recentemente, encontrei uma das minhas lentes mais icônicas – uma Handevision 40mm f / 0,85 Mark II rosa – à venda online (veja foto abaixo). A polícia demora a responder e o eBay não me ajudará até que a polícia esteja envolvida aturando diretamente no caso”, disse o fotógrafo. O eBay é um site de vendas muito popular nos Estados Unidos, que funciona de maneira muito similar ao Mercado Livre aqui no Brasil.

O assalto aconteceu em 31 de dezembro de 2019 – véspera de ano novo – quando Nathan estava encerrando uma excursão ao Antelope Canyon, que é um dos destinos de fotografia mais populares do Arizona, nos Estados Unidos. “Nunca deixo meus equipamentos no meu veículo e era rotina levá-lo sempre comigo. Porém, naquela noite, por algum motivo estranho, que não posso explicar, e ainda me arrependo, deixei meu equipamento fotográfico sozinho por alguns minutos dentro no meu Jeep Cherokee 4×4. Nesse curto espaço de tempo, alguém apareceu, quebrou a janela do meu SUV e roubou $ 10.000 em equipamento fotográfico”, relatou o fotógrafo.

Um dos equipamentos roubados foi uma lente Handevision 40mm f / 0.85 Mark II, uma das preferidas da Nathan. “Essa lente era muito querida para mim. Era o que considero ser uma lente Ibelux profundamente subestimada, feita pela Kipon, que ostenta um exterior rosa-avermelhado profundo. Eu a apelidei afetivamente de “Pink Lady”, explicou Nathan.

“Decidi registrar a experiência como uma grande perda e decidi começar do zero e comecei a jornada de economizar para comprar novos equipamentos”.

Esse roubo aconteceu pouco antes do início da pandemia de COVID-19 e durante semanas, até meses, o fotógrafo vasculhou a internet procurando seu equipamento roubado sem sorte. “Decidi registrar a experiência como uma grande perda e decidi começar do zero e comecei a jornada de economizar para comprar novos equipamentos. Até minha comunidade de apoiadores se juntou e contribuiu, com a ajuda do meu irmão, Fotógrafo de Brinquedos, Joseph Cowlishaw (@JoeCow no Instagram), consegui encontrar um novo começo”, contou o fotógrafo.

Porém, nesta semana, ele decidiu tentar procurar novamente no eBay seus equipamentos roubados. “Procurei algumas das lentes vintage que foram roubadas em meu kit, como a Yashica Yashinon 50 mm f / 1.4 com suporte de parafuso M42. Uma lente apareceu no resultado que parecia muito com a que tinha sido roubada de mim. Tinha até o mesmo adaptador Fotodiox M42-Fujifilm X que eu comprei para usar com a lente. Entrei em contato com o vendedor pedindo o número de série da lente para ver se poderia corresponder ao que foi roubado. Depois disso, decidi dar uma olhada no perfil desse vendedor e os outros itens que ele estava vendendo e adivinhe o que apareceu? The Pink Lady!”, disse Nathan.

Como o fotógrafo reconheceu sua lente?

Mas como o fotógrafo reconheceu que a lente era a sua “Pink Lady”? “Eu pintei o para-sol da “Pink Lady” para que eu pudesse personalizá-la com meu estilo. Depois de ver as fotos, eu soube que era a minha lente porque é incomum outros proprietários pintarem uma Ibelux de edição tão cara e limitada. E o óbvio! Os números de série são idênticos entre o que é mostrado na página do eBay e as fotos que tenho dela”, explicou Nathan. Veja abaixo os prints da lente sendo anunciada para venda no eBay e uma foto que o fotógrafo tinha da lente com seu número de série:

roubo de equipamentos fotográficos

roubo de equipamentos fotográficos

Após descobrir sua lente sendo vendida, o fotógrafo entrou em contato com o eBay para tentar recuperar o equipamento e suspender à venda. “O eBay declarou que não tomará medidas neste leilão/venda ou contra o vendedor até que sejam contatados por uma agência de aplicação da lei por meio de seu canal e sistema especializados na forma de uma intimação. O vendedor está totalmente ciente de que está vendendo uma lente roubada porque recebi uma resposta deles e os informei sobre a situação”.

Por isso, Nathan acionou novamente a Polícia do Arizona. Porém, foi informado que levará um tempo para o desenrolar da investigação, ou seja, o vendedor continuará com à venda do equipamento sem qualquer problema por enquanto. “Não estou perdendo a esperança de conseguir minha Pink Lady e minhas outras lentes de volta. Não é todo dia que uma vítima de roubo consegue localizar seu equipamento roubado no vasto lugar conhecido como ciberespaço. Porém, parece que as feridas reabriram também. É uma sensação estranha”, disse o fotógrafo, que deixa um conselho:

O fotógrafo Nathan Cowlishaw

“Há uma lição difícil a ser aprendida com minha experiência: sob nenhuma circunstância você deve deixar equipamentos caros em um veículo trancado onde possam ser vistos facilmente, não importa o quão seguro você possa supor que seja. Nunca  corra esse risco. Além disso, enquanto você tem a oportunidade de fazer isso, catalogue todo o seu equipamento com uma lista de números de série para garantir. Nunca tenha uma atitude de ‘Isso nunca vai acontecer comigo’ porque pode, acredite em mim!”.

Leia aqui alguns artigos sobre segurança com equipamentos fotográficos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *