Equipamentos de fotografia

Qual é qualidade de uma foto capturada por uma câmera de R$ 340.000? –

Muitos fotógrafos dizem que equipamento não é tão importante e o que vale é o seu olhar. Mas se o equipamento for uma super câmera, que vale, na cotação atual, em torno de R$ 340.000 (US$ 63.000)? Que tipo de imagens produz uma câmera fotográfica assim? O fotógrafo Ted Forbes, do canal de The Art of Photography, fez um vídeo com uma DSLR de formato médio Phase One XF para demonstrar o que você ganha em qualidade fotográfica quando se tem um kit câmera de 63 mil dólares.

Veja o vídeo com a demonstração dessa poderosa câmera

A Phase One XF é uma câmera de médio formato que permite você trocar não apenas as lentes, mas também a parte traseira da câmera. Nesta configuração que Ted usou para o teste ele estava com um back digital monocromático Phase IQ3, que produz imagens de 101 megapixels e custa nada menos 50 mil dólares. Com o back digital monocromático significa que a câmera fotografa em preto e branco, mas isso é “muito diferente” de outras câmeras em preto e branco. Ele pode capturar a luz “além do espectro visual”, registrando a luz do espectro infravermelho. Com 101 megapixels em cada foto, a quantidade de detalhes que você pode capturar com esta câmera é impressionante. Ele é capaz de reter uma quantidade enorme de detalhes nas sombras e nos realces que outras câmeras simplesmente não são capazes.

“A quantidade de dados que esse sensor é capaz de capturar é incrível”, disse Ted. Mas você deve estar ansioso para ver o resultado prático de uma foto desta super câmera, então, observe a imagem abaixo, de um gato em uma janela feita com ISO 12.800. Com um ISO tão alto, normalmente, as fotos acabam ficando bastante granuladas, mas com a Phase One XF e o super back digital monocromático isso não acontece. Ted aumentou o zoom para 100% e não há absolutamente nenhum ruído na imagem, mesmo nas áreas de sombras, onde geralmente o ruído fica mais acentuado.

Um recorte da foto mostrando a falta de ruído, mesmo quando a imagem é ampliada.

Obviamente que pagar mais de R$ 300 mil numa câmera como essa não faz sentido se você não trabalha para um mercado que necessite de imagens tão grandes e tanta definição nas detalhes. Talvez você esteja se perguntando: mas quem usa esse tipo de equipamento? Fotógrafos de moda e de publicidade de grandes marcas, normalmente, são adeptos deste tipo de câmera de alta resolução e definição. Os clientes exigem e necessitam que cada micro detalhe do produto apareça e com o máximo de qualidade para campanhas nas mais diversas mídias, sejam impressas ou online, como outdoors, painéis fotográficos em vitrines, telas gitantes em prédios (empena), que chegam a custar até 200 mil reais, segundo a Veja SP. Para nós, simples mortais da fotografia, investir num equipamento assim é algo surreal, mas para esse segmento específico é uma necessidade mercadológica.