Tendência

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa

“Uma fotografia é moldada mais pela pessoa atrás da câmera do que pelo que está na frente dela”, disse a Canon após fazer um experimento chamado “Decoy”. A empresa conduziu essa experiência interessante sobre o poder da perspectiva na fotografia de retratos. 

A Canon pediu para 6 fotógrafos fazerem retratos da mesma pessoa de forma individual e independente, num mesmo lugar. Porém, a cada fotógrafo era dito uma coisa diferente sobre o passado da pessoa. Os resultados das fotos são drasticamente diferentes e mostram como os fotógrafos criam suas fotos com base em conceitos e preconceitos sociais pré-estabelecidos.

“Quando tiramos fotos, nunca somos neutros em relação ao objeto que fotografamos, mas sim uma soma de todos os nossos pensamentos, experiências e preconceitos. Esse experimento demonstra esta pequena falha humana também na fotografia. Mas podemos contar qualquer história que quisermos se mudarmos a abordagem. Você está limitado apenas pela sua imaginação”, afirmou a Canon sobre o projeto.

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa - o poder da perspectiva na fotografia de retratos

Por que um alcoólatra em recuperação precisa estar sério na foto ou por que um ex-presidiário precisa estar de cara fechada num retrato ou por que um pescador estaria sorrindo? Tudo isso é o poder da perspectiva.

Para realizar o experimento a Canon contratou um ator chamado Michael, que deveria seguir precisamente as orientações de cada fotógrafo. Antes das sessões, a equipe da Canon informou os fotógrafos, individualmente, qual era o passado de Michael:

1) um milionário que fez fortuna sozinho
2) um salva-vidas que salvou uma pessoa do risco de morte
3) um ex-presidiário
4) um pescador
5) um autoproclamado médium
6) um alcoólatra em recuperação

A partir desse briefing fictício do personagem, os fotógrafos puderam, livremente, fazer um único retrato de Michael. Como você poderá ver nas fotos e no vídeo abaixo, a abordagem e os retratos de cada fotógrafo mostram 6 perspectivas extremamente diferentes de Michael.

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa

1. Um pescador

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa - o poder da perspectiva na fotografia de retratos

2. Um alcoólatra em recuperação

3. Um milionário que fez fortuna sozinho

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa - o poder da perspectiva na fotografia de retratos

4. Um ex-presidiário

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa - o poder da perspectiva na fotografia de retratos

5. Um salva-vidas que salvou uma pessoa do risco de morte

6. Um autoproclamado médium

6 fotógrafos, 6 retratos, 6 perspectivas diferentes da mesma pessoa - o poder da perspectiva na fotografia de retratos

Impressionante as diferenças, né! Mas por que a Canon fez esse experimento com os 6 fotógrafos? O projeto tinha o objetivo de, segundo a Canon, mudar o pensamento criativo por trás das lentes, demonstrando assim, que uma fotografia é moldada mais pela pessoa por trás da câmera do que pelo que está na frente dela.

Depois que os retratos foram concluídos, as fotos foram impressas, penduradas em uma sala e os seis fotógrafos foram convidados a vê-las juntos. Um vídeo da reunião (que pode ser visto abaixo) e mostra os fotógrafos discutindo os diferentes retratos, cada um comentando como Michael parece uma pessoa completamente diferente de uma fotografia para a outra. O vídeo está em inglês, mas você pode ativar a legenda em português. E você, como faz os retratos de seus clientes?

Nota da Redação: A Canon fez esse projeto em 2015, mas resgatamos esse conteúdo porque entendemos ser uma reflexão importante para todos os fotógrafos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *