Manipulação de imagem

National Geographic divulga foto manipulada e gera discussão na internet

Livro de fotografia

Uma matéria publicada pela National Geographic chamou atenção pelo seu tema mas uma fotografia em específico tem gerado muitos comentários. Publicada no dia 26 de abril e intitulada “Veja as árvores mais antigas do mundo à luz das estrelas” a série fotográfica de Beth Moon faz parte de seu projeto Diamond Nights. A fotógrafa ficou muito conhecida quando realizou uma série fotográfica de árvores ancestrais.

Luz das estrelas iluminam as árvores em Keetmanshoop, Namibia. Foto: Beth Moon

A matéria da jornalista Catherine Zuckerman, da equipe de ciência da National Geographic, dizia que a intenção nas fotografias de Moon era iluminar as árvores apenas com a luz das estrelas e quando necessário o uso de lanternas, até aí tudo bem. Mas aparentemente a manipulação de imagem não foi adicionada ao contexto, e provavelmente nem a própria jornalista sabia disso.

A fotografia intitulada “Baobabs são silhueta contra a Via Láctea em Botswana” chamou atenção por detalhes na Via Láctea que parecem clonados e colados dentro da imagem, deixando alguns pontos mais escuros, o que tornou a fotografia mais interessante de certa maneira.

Mais de 23 mil pessoas curtiram a publicação da National Geographic no Facebook, 7.900 compartilharam e mais de 500 comentários foram acumulados, inclusive o de vários pessoas pedindo uma explicação da National Geographic e da própria fotógrafa sobre o assunto. A questão é que se tivessem explicado sobre as manipulações na fotografia estava tudo bem, mas enganar o espectador com certeza não é a melhor opção. A fotógrafa provavelmente não deve ter deixado claro o seu processo de criação e edição quando divulgou o trabalho.

Baobab Foto: Beth Moon
Pinheiro de bristlecone e a chuva anual de meteoros Perseidas, na California. Foto: Beth Moon
Keetmanshoop, Namibia. Foto: Beth Moon

Fonte: Petapixel

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário