Manipulação de imagem

Getty Images proíbe que fotógrafos alterem corpos de modelos

A atriz Penélope Cruz em fotos antes e depois da manipulação de imagem
Livros de fotografia

Em 2015, foi aprovada na França uma lei que obriga avisos em fotos de modelos retocadas, que entra em vigor a partir de 1 de outubro deste ano. Em resposta a essa nova regulamentação, a Getty Images decidiu atualizar as políticas de envio de fotos para o seu serviço, proibindo completamente imagens de modelos cujos corpos foram editados para parecer mais magros ou maiores.

A agência de imagens informou por e-mail que a partir de 1 de outubro, os fotógrafos não poderão mais “enviar qualquer conteúdo criativo que descreva modelos cujas formas do corpo foram retocadas para torná-los mais magros ou maiores”. Ao enviar esse tipo de imagem, o fotógrafo violará as diretrizes de submissão e seu acordo com a empresa. A mesma alteração se aplica às submissões da iStock.

A lei francesa não se estende a pequenas edições digitais, como corrigir manchas na pele, alterar a cor do cabelo ou alterar a forma do nariz, porém, as edições que mudam a forma de corpo do modelo exigem um aviso. Revistas e outras entidades na França que usarem essas fotos alteradas sem a divulgação adequada enfrentarão uma multa de até 37.5 mil euros.

Foto: Getty Images

Sobre o autor

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!