Livros

IMS lança dois fotolivros sobre Rio de Janeiro

Parte do livro de Marc Ferrez. Veja mais abaixo, no vídeo.
Livro de fotografia

Os dois livros Rio, de Marc Ferrez e Rio, de Robert Polidori –, feitos conjuntamente pelo Instituto Moreira Salles e pela editora alemã Steidl, chegam agora às livrarias e lojas do IMS. A ideia de fazer essas publicações começou quando Gerhard Steidl, que empresta seu nome à editora especializada em livros de fotografia, visitou pela primeira vez a casa do IMS na Gávea, em 2010. Os dois livros estão a venda por R$ 195. Já a Edição limitada com Rio, de Marc Ferrez e Rio, de Robert Polidori, mais luva especial sai por R$ 370. Clique aqui para acessar a loja.

Parte do livro de Marc Ferrez. Veja mais abaixo, no vídeo.
Parte do livro de Marc Ferrez. Veja mais abaixo, no vídeo.

Na época da visita, a equipe da reserva fotográfica do instituto, capitaneada por Sergio Burgi, e o coordenador executivo do IMS, Samuel Titan Jr., pensavam em fazer uma nova publicação com as imagens de Marc Ferrez, o maior nome da fotografia no Brasil do século XIX, cujo acervo de 15 mil imagens pertence ao IMS desde 1998. Robert Polidori, fotógrafo canadense que retrata as paisagens urbanas em diferentes partes do planeta e as marcas dos conflitos e da pobreza nelas reveladas, sempre editou seus livros com Steidl e, não por acaso, interessou-se pela cidade do Rio de Janeiro, que começou a fotografar em 2002.

Sergio Burgi, coordenador de fotografia do IMS, e Mariana Newlands, responsável pela organização, coordenação editorial e projeto gráfico, trabalharam na seleção e edição das fotos de Marc Ferrez. A maior parte das imagens do fotógrafo está em negativos de vidro, preservados inicialmente por seu neto Gilberto Ferrez e, desde1998, no acervo do IMS.
iPhotoChannel-ims-livro-marc-ferrez-robert-polidoriOs negativos de vidro escolhidos para o livro seguiram para higienização, feita por Nazareth Cury, responsável pelo setor de conservação fotográfica do IMS, e depois foram fotografados em mesa de luz, com uma câmera iXR da PhaseOne, com back de 80 MB (câmera de médio formato desenvolvida especialmente para reprodução). Em vez de mostrar apenas as imagens, a ideia nessa publicação foi valorizar os próprios negativos de vidro como objetos – na sequência, as imagens capturadas foram tratadas em Photoshop para se tornarem algo como um fac-símile do negativo de vidro. Foram fotografadas 456 imagens, entre elas 421 negativos de vidro. No livro, figuram 203.

iPhotoChannel-ims-livro-marc-ferrez-robert-polidori

Enquanto isso, Robert Polidori terminava de revelar e pré-editar suas fotos realizadas na favela da Rocinha, no Complexo do Alemão, na zona portuária e na Central do Brasil. Ele, que já fotografara o Rio em 2002, 2011 e 2012, fez as últimas imagens para o livro em 2014. Sua relação com a cidade não é apenas a de um passageiro – seu trabalho revela um olhar atento para as transformações urbanas. O livro Rio, de Robert Polidori, tem 150 imagens, dividas uniformemente entre as sessões realizadas em diferentes anos. A edição das imagens foi feita pelo fotógrafo durante o período em que esteve na Alemanha.

newborn_banner

Sobre o autor

Ruca Souza

Ruca Souza é jornalista, redatora publicitária e fez parte do iPhoto Channel de 2015 à 2018. Ela também tem uma banda: www.instagram.com/rucasouza

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário