Instagram

8 dicas de como montar um perfil arrasador no Instagram

congresso de fotografia

A melhor rede social para ser utilizada por fotógrafos possui inúmeros truques de alcance. Praticamente todos os dias os algoritmos do Instagram mudam, o que significa que o modo como ele entrega as suas postagens também.

Hoje as dicas para Instagram focam em como montar um perfil que seja bom para as pessoas te acharem e que vai te ajudar a dar uma crescida na plataforma.

1) O nome de usuário

Nome de usuário é aquele que você escolhe na hora de montar o Instagram e geralmente todas as combinações legais que você quer não estão disponíveis. Daí você se vê obrigado a criar algo diferente porque as opções já estão um tanto quanto limitadas.

A dica mais importante que podemos te dar sobre o nome de usuário é: utilize o mesmo nome em TODAS as redes sociais. Então na hora de escolher tente uma variação razoável do seu nome, não aqueles nomes que faziam sucesso na época do msn.

2) O nome

Uma das etapas mais importante é o seu nome no Instagram, aquele que fica em negrito. Pois bem, pode parecer uma dica boba mas: use o seu nome de verdade. Esse é o campo pelo qual o Instagram vai gerar busca de resultados.

3) A foto do perfil

Essa é a primeira coisa que as pessoas vão ver quando te procurarem no Instagram, é o seu cartão de visita, portanto coloque uma foto que diga “Você é bem-vindo, venha ver o meu trabalho”. Nada de selfies desatualizadas, escuras, mal posicionadas no espaço do perfil. Enfim, seja criativo, apesar de parecer pequeno é um item bem importante.

Procure não ficar mudando de foto de perfil com frequência, as pessoas que te seguem já estão acostumadas a te identificar com aquela foto.

4) Montando a biografia

Estão disponíveis 150 caracteres no Instagram para você escrever a sua biografia, é mais do que o suficiente. Não se prolongue no texto e certifique-se de que ele não está chato. Você também pode organizá-lo por meio de separadores deixando em tópicos, mas cuidado para não montar um perfil com muitos tópicos que parecem maiores do que o próprio feed das fotos.

5) Usando hashtags

Uma das novas atualizações do Instagram é o uso de hashtags na descrição da biografia. Acontece que você provavelmente vai colocar ali o link do seu site, onde você gera uma conversão de clientes, certo? Com mais de um link clicável na sua biografia é bem provável que você leve o seu cliente para o fora do seu perfil, e o que nós queremos é mantê-lo consumindo o seu trabalho.

6) Usando emojis

Pode usar emojis? Pode, mas é preciso tomar cuidado para não poluir o seu perfil e deixá-lo confuso. Além disso os emojis estão abertos a interpretação, portanto nem sempre as pessoas vão ler da maneira como você gostaria. Selecione os emojis com cuidado, use os indicativos de lugar ou algo mais simples.

7) Uso de caracteres especiais

Assim como os emojis o uso de caracteres especiais está aberto a novas interpretações e sinceramente ninguém vai parar muito tempo pra ler e tentar decifrar, então se você quer atingir seu objetivo de informar seu cliente sobre seu trabalho, seja claro.

8) Mudando o perfil para uma conta business

Recentemente o Instagram abriu a opção business para todos os usuários. Por um lado é muito bom você ter acesso as métricas mas por outro isso pode diminuir o seu alcance. Como agora o Instagram te identifica como uma conta de trabalho ele passa a dar uma diminuída da entrega das suas postagens aos seguidores com a intenção de que você patrocine as publicações e ele lucre com isso.

Fonte: Fstoppers

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!