Gestão de carreira Negócio de fotografia

5 erros que você deve evitar se quer ganhar dinheiro com a fotografia

Se você quer transformar seu amor pela fotografia em um negócio, há muitos detalhes que devem ser levados em consideração. O fotógrafo Peter McKinnon criou um vídeo sobre as coisas que ele gostaria de ter descoberto mais cedo na profissão. Se você está prestes a se tornar profissional, isso pode poupá-lo de alguns erros que muitos fotógrafos cometem no início de sua carreira. Assista abaixo:

1. Não ter um contrato

Os contratos não são divertidos, mas são importantes e protegem você e sua empresa. Não importa para quem você está fotografando, até mesmo seus amigos e familiares: sempre faça um contrato! Certifique-se de alinhar a expectativa claramente porque eles são diferentes de uma pessoa para outra.

Se você não souber por onde começar, Peter sugere fazer o download de um modelo e adicionar seus próprios pontos ao contrato. É bom ter um advogado para analisar.

2. Não cobrar o bastante

Peter é um defensor de trabalhar de graça no início de sua carreira, porque pode abrir mais portas. Mas, quando você começa a cobrar, deve pensar em quanto vale o seu tempo. E não apenas o tempo: você está trazendo seu equipamento, gastando seu combustível para chegar lá e editando com o software pelo qual você pagou. Os novatos tendem a ficar superexcitados apenas por conseguir um trabalho pago. Pense de forma realista sobre quanto você deve cobrar pelo seu trabalho.

3. Não fazer listas de verificação

Segundo Peter, listas de verificação ajudam você a organizar e descarregar sua mente. Mas eles também podem protegê-lo, assim como o contrato. Ao fotografar um casamento, por exemplo, Peter recomenda obter uma lista de verificação de um cliente de tudo o que eles querem que seja feito.

Também pode ser interessante fazer uma lista de verificação do equipamento que você deve levar para que não fique nada de fora. Mesmo que você tenha uma rotina, pode acontecer de esquecer algo importante. Portanto, tenha uma lista de verificação no seu telefone e verifique antes de ir para o ensaio ou evento.

4. Não reunir pessoalmente

Você é tanto um “produto” quanto as fotos ou vídeos que você faz. No mundo em que nos comunicamos principalmente on-line, você precisa se vender e mostrar a seus clientes a personalidade que tem. Isso é importante para construir um relacionamento e construir sua marca. Reunir-se pessoalmente fará com que o cliente confie em você pelo grande dia ou pelo grande projeto. Então, não basta digitar ou falar ao telefone. Vá tomar um café com eles e fale pessoalmente.

5. Não divulgar seu trabalho

Você fez um portfólio incrível, uma página no Facebook e alguns cartões de visita. Sentar e esperar que as pessoas liguem para você e contratem você não vai funcionar, não importa o quão bom você seja. Você tem que se colocar lá fora. A pior coisa que pode acontecer é que alguém diga que não precisa de você para tirar fotos para eles. E a partir daí, você tem duas opções: tentar convencê-los ou passar para a próxima pessoa. E nada disso é tão assustador quanto possa parecer.

Para conhecer mais sobre o trabalho de McKinnon, acesse seu Youtube, Facebook, Twitter ou Instagram.


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!