História da Fotografia

Fotos de 1913 mostram os primórdios da história da fotografia colorida

Se olharmos rapidamente para estas fotos, podemos imaginar que é um retrato feminino ou ensaio de moda ou fine art feito recentemente. As cores são nítidas que parecem produzidas por tecnologias de equipamentos modernos. Porém, estes retratos são de 1913, produzidos nos primórdios da fotografia colorida, através do Autochrome.

O pioneiro Mervyn O'Gorman utilizava o método Autochrome tão bem que suas fotos do século passado parecem atuais. | Foto: Mervyn O'Gorman
O pioneiro Mervyn O’Gorman utilizava o método Autochrome tão bem que suas fotos do século passado parecem atuais. | Foto: Mervyn O’Gorman

Mervyn O’Gorman era um engenheiro inglês cujos interesses artísticos o transformaram em um dos pioneiros da fotografia colorida. Lembrando que a primeira foto colorida foi tirada em 1861, pelo físico escocês James Clerk Maxwell e seu assistente Thomas Sutton. Usando o processo de Autochrome Lumière, que foi lançado em 1907, O’Gorman criou imagens que hoje figuram regularmente em exposições que tratam do início da fotografia com cor. Entre suas obras mais conhecidas, está a série de fotos coloridas de sua filha Christina, tiradas em 1913, que você confere nesta matéria. Abaixo você confere um vídeo sobre o Autochrome, com outras fotografias incríveis.

Alguns destes retratos foram feios na praia Lulworth Cove, em Dorset, Inglaterra. A exposições mais lenta e aberturas maiores, com menor profundidade de campo, deram um toque de sonho aos cliques. E a roupa vermelha de Christina colaborou para o destaque da personagem principal.

iPhotoChannel_Autochrome2
iPhotoChannel_Autochrome3
iPhotoChannel_Autochrome8
iPhotoChannel_Autochrome7
iPhotoChannel_Autochrome6
iPhotoChannel_Autochrome5
iPhotoChannel_Autochrome4

*texto original da jornalista Ruca Souza e atualizado pela equipe do iPhoto Channel