Fotopédia

Feco Hamburger: fotografia como ficção e documento

congresso de fotografia

A carreira de Feco Hamburger acompanhou o auge da fotografia publicitária e de moda em 1990, nessa época ele foi assistente do renomado fotógrafo Bob Wolfenson. Após quatro anos de parceira, montou seu próprio estúdio em São Paulo. As fotografias de Feco estampam capas de revistas, álbuns e livros, mas o fotógrafo acabou seguindo um caminho diferente de Wolfenson. Especializado em fine-art printing estudou Física na Unicamp e Linguística na USP, mudando o foco de sua fotografia.

Em 2016 realizou a exposição “Quando percebi era uma aurora” com imagens astronômicas e siderais que inaugurou a galeria Janaina Torres. Em entrevista a galeria ele conta sobre sua criação “Há uma espécie de embate entre ficção e documento em meu trabalho, meio que um sonho de mundo, onde haja espaço para conexão inclusive com o acidente, o diferente.”

Foi na virada do milênio que Feco passou a se dedicar a projetos autorais. Hoje ele ministra cursos e workshops repassando seu conhecimento. Suas fotografias já foram expostas na Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Museu de Arte Moderna e no Paço Imperial, no Rio de Janeiro e recebeu o Prêmio Abril de Jornalismo na categoria melhor ensaio fotográfico.

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!