Fotopédia

As obras lapidadas de Julia Fullerton-Batten

Livro de fotografia

A fotografia em seus diversos ramos possui grandes nomes que sempre vale a pena conferir. Julia Fullerton-Batten é, na fotografia Fine Art, uma dessas pessoas. A embaixadora da Hasselblad tem seu trabalho aclamado mundialmente. Além de imagens incríveis, a fotógrafa atrela assuntos que se fazem necessários de discussão.

O primeiro grande trabalho de Julia foi publicado em 2007, intitulado “Teenage Stories” comporta a narrativa da transição de uma adolescente pelas situações enfrentada ao longo de seu crescimento, abordando o amor e autodescobertas. O livro carrega um pouco da vida pessoal da própria fotógrafa, o que torna a obra mais viva e intensa. 

Seu segundo trabalho de prestígio internacional carrega muita coragem e um assunto merecedor de compreensão. Lançado em 2015, “ Feral Children” conta relatos de crianças selvagens rejeitadas abusadas pelos pais, que vivem soltas ou perdidas na natureza. A produção contou com a atuação de atores mirins, o que no trabalho de Julia transforma toda a sua construção.

O último projeto de Julia “The Act” trata sobre 15 mulheres que vivem a prostituição voluntariamente no Reino Unido. As imagens encenadas e a iluminação cinematográfica trabalham o tema de forma tensa e profunda. Os cenários e o cuidado com a iluminação ~e o que fazem do trabalho de Julia uma obra que foi cuidada e lapidada desde o começo.

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário