Fotopédia

As fotografias humorísticas de Elliot Ewitt

Livros de fotografia

Paris, 26 de julho de 1928

Se fossemos designar uma caraterística às fotografias de Erwitt seria a de fazer sorrisos aparecer, facilmente. As imagens em preto e branco, completamente dominadas por ironia e humor, traduzem o inusitado e a informalidade. Foi por meio de um convite de Robert Capa que Erwitt entrou para a agência Magnum, em 1953, após realizar uma série de trabalhos para as revistas Look, Life e Holiday.

Suas obras procuram a hilaridade e o bizarro, abordando os temas de forma leve. Diferente de muitos fotógrafos, Erwitt olha para o chão e encontra o que quase ninguém vê. Seus modelos preferidos e assunto constante em suas fotografias são os cachorros, que cuidadosamente o fotógrafo mescla com as ações humanas.

iPhoto Editora - Elliot Erwitt (4)

Sua formação em cinema pode ser vista constantemente em suas fotografias. Suas imagens em sequências podem ser analisadas como um rebate a teoria do Momento Decisivo, de Henri Cartier-Bresson. As imagens de Erwitt são múltiplas e de um estilo único.

USA. New York City. 2000.

iPhoto Editora - Elliot Erwitt (6)

ITALY. Florence. 1949. A guard at Palazzo Vecchio.

SPAIN. Madrid. 1995. Prado Museum (Museo del Prado).

JAPAN. Tokyo. 1960.

USA. New York City. 1946.

USA,New York city. New York, 1974. Felix, Gladys and Rover.

iPhoto Editora - Elliot Erwitt (11)

iphoto-especial-mes-da-fotografia2

15/31

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré é assessora de comunicação da iPhoto Editora e escreve para o iPhoto Channel. Formada em Jornalismo pela Univali, já estudou fotografia documental na Argentina. Conheça outros projetos paralelos: lizzadore.tumblr.com

2 comentários

Clique aqui para postar um comentário