Fotojornalismo

Martine Franck, viúva de HCB, morre aos 74 anos

Livros de fotografia
Foto: Martine Franck/Magnum Photos
Foto de Martine Franck que integrou a exposição “Instantâneos da Felicidade”, em cartaz no Museu Oscar Niemyer em 2008 (foto: Martine Franck/Magnum Photos)

A mulher que “encantou o mundo com um belo e lúcido olhar”, conforme lembrou a ministra de Cultura da França Aurélie Filippetti, Martine Franck morreu na última sexta-feira, 17, aos 74 anos.

Viúva de Henri Cartier-Bresson (falecido em 2004), presidente da fundação que leva o nome do marido e membro da agência Magnum desde 1983, Martine nasceu em Antuérpia, na Bélgica. Cresceu, porém, entre os Estados Unidos e a Inglaterra e começou a fotografar em 1963. Sua especialidade eram retratos de artistas e teve imagens publicadas em importantes revistas internacionais.

Martine conheceu Cartier-Bresson em 1966, em Paris, e se casaram em 1970. Seu corpo foi sepultado em Luberon, no sudoeste da França, junto à sepultura do marido.

Sobre o autor

Alcides Mafra

Jornalista e colaborador do iPhoto Channel (alcidesmafra@iphotochannel.com.br)

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário