Concurso de Fotografia Destaque Fotojornalismo

Marcelo Carnaval conquista prêmio de Direitos Humanos

iPhoto Channel_Vladimir Herzog_Marcelo Carnaval
Black Bloc festeja enquanto ônibus queima durante manifestação no Rio. Foto de Marcelo Carnaval conquistou o Vladimir Herzog de Fotografia

Uma imagem tirada há exatos doze meses deu ao fotojornalista Marcelo Carnaval, do jornal O Globo, mais um prêmio para pôr na galeria, que já conta com um Esso (em 2006) e um Rei de Espanha (2007), entre outros. Marcelo foi laureado desta vez pelo Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, na categoria Fotografia.

O anúncio foi feito na última semana. O fotojornalista concorreu com a foto De herói a vilão, que registra uma cena ocorrida na noite de 7 de outubro, no Rio de Janeiro, durante as manifestações que se seguiram aos atos pela redução das tarifas de ônibus. Nesta ocasião, como em outras, houve confronto entre policiais e os chamados “black blocs” e um ônibus foi incendiado, servindo de pano de fundo para a imagem de Carnaval.

O título da foto, ele explicou ao portal G1, se deve a uma mudança de percepção que ele detectou em relação aos manifestantes: “Acho que resume bem: os caras começaram tendo a simpatia da sociedade, conseguindo abaixar a tarifa do ônibus; mas depois degringolou”.

Esta foi a 36ª edição do Prêmio Vladimir Herzog, que contempla reportagens e trabalhos de imprensa que promovam a luta pelos direitos humanos e cidadania. Na categoria Artes, Robson Vilalba, da Gazeta do Povo, foi o vencedor. Leonêncio Nossa, do Estado de S. Paulo, venceu na categoria jornal. Também foram premiados Edson Sardinha, da revista Congresso em Foco; Herbert Araújo, da rádio CBN; Tatiane Fontes, da TV da Assembleia Legislativa de Minas Gerais; Mônica Marques, da TV Globo; Rosanne D’Agostino, do portal G1; e Cláudio Renato, da GloboNews. A entrega dos prêmios será dia 29, em São Paulo.

banner-estudio-evolution12