Fotojornalismo

A foto que viralizou como símbolo da união entre os povos. Uma foto ou mil palavras?

Foto: Rodrigo Villalba

Durante a partida entre Senegal e Polônia, válida pela primeira rodada da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o fotógrafo paulista Rodrigo Villalba registrou esta foto que se tornou um símbolo da união entre povos e raças.

A imagem que mostra o braço do senegalês Sadio Mané se encontrando com o do brasileiro naturalizado polonês Thiago Cionek, em um forte aperto de mão, é o resultado de uma ideia que surgiu logo na entrada dos jogadores em campo.

“Me chamou atenção essa diferença gritante no tom da pele, os poloneses muito brancos e os senegaleses muito negros. Pensei que só a Copa do Mundo pode unir esses dois povos tão distantes, com culturas, línguas e costumes tão diferentes”, disse em entrevista ao Uol Esporte.

Foto: Rodrigo Villalba

Equipado com uma câmera Nikon D5 e uma lente de 400mm, Villalba passou a esperar um momento que simbolizasse a história de união dos povos que ele gostaria de contar. Quando o atacante Mané caiu no gramado, e Cionek estendeu o braço para erguê-lo, Villalba apontou sua lente e esperou.

“O Mané hesitou em erguer o braço”, lembra Villalba. “Mas quando ele finalmente tocou a mão do polonês, eu fiz a foto. Na hora percebi que tinha uma grande imagem”.

Sobre o autor

Cid Costa Neto

Natural de Belo Horizonte, formado em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Minas Gerais com habilitação em Fotografia. Desde 2009 atua profissionalmente como fotógrafo e programador visual. Em 2010 criou o site Resumo Fotográfico. É ex-colaborador da Revista FVC (2011-2012). Foi Professor de Fotografia no Centro de Extensão da Escola Guignard (2013-2016).

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário