Fotojornalismo

5 fotojornalistas que você precisa conhecer | Dia do fotojornalista

Livro de fotografia

No dia 2 de setembro é comemorado o dia do fotojornalista. Uma profissão renomada no meio jornalístico, respeitada entre os fotógrafos e que impacta toda uma sociedade, mesmo que ela nem perceba isso. Ao longo da história da fotografia inúmeras imagens tornaram-se icônicas graças a esses profissionais. 

Selecionamos alguns fotojornalistas que você precisa conhecer. Cada história e cada frame faz parte de um pedacinho da história do mundo. 

Evandro Teixeira

Um dos maiores nomes do fotojornalismo brasileiro começou sua carreira em 1958 no jornal carioca Diário da Noite, dono de uma sensibilidade e técnica que o levaram a trabalhar para o Jornal do Brasil, dedicando 40 anos de profissão. Evandro é o autor de fotografias icônicas da história brasileira desde a ditadura aos jogos Olímpicos.

Flávio Damm

O fotojornalista fez parte de uma época em que a fotografia passava por uma grande transformação no país. São sete décadas de profissão reunidas em 28 livros e mais de 60 mil negativos arquivados. Damm traz não apenas o flagra de acontecimentos inéditos, mas trabalha a sutileza do dia a dia.

Sergio Jorge

São 60 anos de fotojornalismo no currículo de Sérgio jorge que viveu a fotografia no tempo áureo. Jorge é o autor da famosa fotografia “Não Matem Meu Cachorro” vencedora do 1º Prêmio Esso de Jornalismo, trata-se do flagrante de um garoto correndo atrás da carrocinha quando percebeu que levaram seu cachorro.

Luisa Dorr

Considerada um dos grandes nomes  da fotografia atualmente, Dorr vem conquistando seu espaço no fotojornalismo, atuando nos editoriais encomendados por grandes revistas como Times, CNN, Lens Culture e Marie Claire. Suas fotografias são produzidas com câmeras, mas a fotógrafa parece dar vez ao iPhone como instrumento de trabalho.

Isabella Lanave

A jovem curitibana já trabalhou para revistas como Vice e Trip. Lanave faz parte de uma geração de mulheres que vem conquistando seu espaço na fotografia brasileira. Suas fotografias carregam a intimidade e temas difíceis. A fotógrafa ganhou destaque internacional com o ensaio sobre sua mãe bipolar, entrando para a lista da Times como uma das 34 mulheres para se seguir.

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário