Início » “I LOVE NY” não pode ser usado em fotos vendidas
Direito Autoral

“I LOVE NY” não pode ser usado em fotos vendidas

Talvez, o logotipo “I LOVE NY” seja uma das marcas mais famosos e reproduzidas em todo o mundo. Contudo o que os fotógrafos não sabiam até agora que é proibido vender fotos com o logotipo sem autorização. E o Estado de Nova York está levando isso muito a sério.

I LOVE NY
Foto: Depositphotos

Quando o logotipo “I LOVE NY” foi criado?

O logotipo “I ❤ NY” foi criado, em 1976, pelo designer gráfico Milton Glaser. E se tornou uma imagem reconhecida em todo o mundo. Inicialmente, ele fez parte apenas de uma campanha publicitária. Todavia, acabou sendo veiculado nos últimos 40 anos pelo Departamento de Desenvolvimento Econômico de Nova York. Por isso, também ao longo do tempo ficou mais e mais conhecido.

Recentemente, o fotógrafo de rua, Michael Goldrei, foi avisado que não poderia mais vender uma de suas imagens em que aparece o “I LOVE NY”. Simultaneamente, a agência que vendia a foto recebeu uma carta de advogados, que atuam em nome do Departamento de Desenvolvimento Econômico do Estado de Nova York (NYSDED). “Eles pediram que essas imagens fossem removidas. Falaram que eu e a agência não possuem as permissões corretas para vendê-las e isso é uma violação das marcas registradas”, contou o fotógrafo.

O mais curioso é que a foto feita por Michael (veja abaixo a imagem), nem mostra claramente o logotipo “I LOVE NY”. Ele aparece estampado numa sacola plástica, bem amassada, sendo segurada por uma pessoa na rua.

I LOVE NY
A fotografia em questão, tirada em 2013 com a logo do “I ❤ NY” | Foto: Michael Goldre

Logo, se você é fotógrafo e deseja vender uma foto que contenha o logotipo “”I LOVE NY”, fique atento! Convém entrar em contato com o Estado de Nova York para obter a aprovação. Para saber mais sobre direito autoral ou direito de uso de imagem na fotografia e por fotógrafos acesse também esse link para ver outras matérias a respeito desse tema que publicamos recentemente.