Fotógrafo é banido do Facebook por “atirar em alguns cristãos”

Em inglês, a palavra “shoot” significa “atirar”, porém, ela também é uma terminologia utilizada na fotografia para se referir ao ato de disparar o obturador. Ou seja, tirar uma foto ou gravar um vídeo. Por conta desse duplo sentido, a palavra sempre rendeu diversos trocadilhos e analogias entre câmeras e armas. Porém, no último fim de semana, um fotógrafo de Londres foi banido da rede social Facebook após escrever que iria “atirar em alguns cristãos”. Ou melhor dizendo, “fotografar alguns cristãos”.

Nicolas Chinardet revelou que ele foi banido do Facebook por 24 horas depois de escrever um post no qual ele detalhava seus planos para tirar fotos em uma igreja no centro de Londres. Menos de meia hora depois que sua publicação foi ao ar, o fotógrafo diz que sua conta foi suspensa, embora seja evidente que ele é um fotógrafo e se referia a fotografar pessoas. Sem nenhuma maneira de apelar da proibição – algo que ele alega ter um efeito direto em seus negócios – ele foi ao Twitter para desabafar suas frustrações:

“Acabei de ser bloqueado do Facebook por 24 horas por postar que eu estava ‘fotografando alguns cristãos’… Eu sou um fotógrafo amador… não há como apelar ou explicar.”

Ao tabloide britânico The Mirror, Nicolas disse que estava tirando fotos de um grupo cristão LGBT para uma reportagem da revista Gay Pride. Ele afirmou ainda que pediu uma revisão, mas que a sua página havia sido deletada. Nicolas já havia sido bloqueado antes por causa de fotos consideradas inapropriadas segundo os padrões da rede social.

“Novamente, nenhuma chance foi dada para explicar ou apelar. Perdi meus seguidores como resultado.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *