Concurso de Fotografia Natureza

“Nick” Nichols no topo do Wildlife Photographer 2014

O experiente fotógrafo norte-americano Michael “Nick” Nichols foi eleito o melhor fotógrafo de vida selvagem de 2014. Ele foi o grande vencedor da 50ª edição do Wildlife Photographer of the Year, promovido pela BBC e pelo Museu de História Natural de Londres. Cobiçado entre os profissionais do segmento e responsável por anualmente reunir uma galeria de imagens de vida silvestre absolutamente impressionantes, o Wildlife divulgou nesta semana a lista com os vencedores de todas as categorias do concurso.

Lions MM7947
“Nick” Nichols conquistou o título com este registro “bíblico” de um bando de leoas do Serengueti (foto: Michael Nichols/Wildlife Photographer of the Year 2014)

Fotógrafo da National Geographic, Nick começou a fotografar no exército norte-americano, no início dos anos 1970. Já publicou fotos na Rolling Stone, Life, Aperture e Paris-Match, que o considerava o “Indiana Jones da fotografia”. Entre os prêmios que já faturou, constam o World Press Photo e o Sony Awards, conquistado neste ano com a foto que lhe deu o prêmio do Wildlife: A vida curta e feliz de um leão do Serengueti.

Nichols se empenhou na história durante seis meses, seguindo um grupo de leões pelas planícies do Parque Nacional do Serengueti, na Tanzânia, ao ponto de os animais não se importar que os fotografasse durante uma sesta. Ele usou infravermelho para captar a atmosfera “primitiva, quase bíblica” da cena. O título, no entanto, carrega uma amarga ironia. Mesmo na reserva os leões não estão seguros: meses depois, três das fêmeas do bando que ele clicou foram mortas. “Poucos sabem que a caça ilegal e a dramática perda de habitat colocam esta espécie numa crise que todo o mundo, e não só a África, deveria solucionar. Há um século existiam 200 mil leões na África. Hoje, estima-se que existam menos de 13 mil”, lamenta o fotojornalista.

A edição deste ano do Wildlife Photographer of the Year teve mais de 42 mil participantes inscritos, representando 96 países. Outro destaque da competição foi o garoto espanhol Carlos Perez Naval, de apenas oito anos de idade, nomeado o “Jovem fotógrafo de vida selvagem do ano” pela foto de um escorpião amarelo tomando sol em cima de uma pedra. O concurso também registrou um brasileiro entre os vencedores: Ary Bassous, na categoria “Invertebrados”, pela imagem do brilho noturno de um cupinzeiro no Parque Nacional das Emas. Marsel van Oosten, da Holanda, ganhou o prêmio especial “Escolha do público”, com a foto de um macaco entretido com o phone que acabara de roubar de um turista japonês. Todas as imagens vencedoras você pode ver aqui.

Iphoto Channel_Concurso_Wildlife Photographer of the year_Carlos Perez Naval
Carlos Perez, de 8 anos, foi eleito o “Jovem fotógrafo de vida selvagem do ano”
Iphoto Channel_Concurso_Wildlife Photographer of the year_Bruno Damicis
O italiano Bruno D’Amicis venceu a categoria “O mundo em suas mãos”
Iphoto Channel_Concurso_Wildlife Photographer of the year_Francisco Negroni
Foto do chileno Francisco Negroni, vencedora da categoria “Ambientes da Terra”

banner-estudio-evolution1