Fotografia documental

Os músicos de rua em Paris por Robert Doisneau

Livro de fotografia

O fotógrafo de rua Robert Doisneau realizou a documentação dos músicos de rua de Paris entre 1940 até os anos 80. Na época Paris era o lugar onde os sonhos aconteciam e a classe artística buscava chegar até lá. “Meus ouvidos preferem a música clássica, mas a música me ajuda. Na rua, você assobia pequenas melodias que lhe dão coragem.”


The Gypsies de Montreuil, 1950

Suas fotografias contém retratos do cantor e compositor Pierre Schaeffer, Juliette Greco e seu cachorro Bidet, um vira-lata famoso na época em Paris e cantores do subúrbio. Já em 1980 Doisneau passou a fotografar uma nova geração de artistas, como Rita Mitsouko, Les Négresses Vertes e Renaud.


Antony, 1947
Cantor no subúrbio

Entre as fotografias encontramos momentos engraçados como a do esquiador e alpinista membro da equipe olímpica francesa de 1936 Maurice Baquet, que entra no vagão do metrô deixando seu instrumento para fora, e caminha na neve carregando-o nas costas. A amizade entre Doisneau e Baquet rendeu uma fotografia criativa e lúdica ao fotógrafo que conheceu o amigo após a guerra.  


Maurice Baquet no Metrô de Paris

Maurice Baquet
Maurice Baquet

“Eu não trago ninguém junto. Passear é um vício solitário. Eu ficaria envergonhado demais para mostrar minhas hesitações, meu traçar de volta e, acima de tudo, minhas expectativas irracionais.”

Robert Doisneau
Les Rita Mitsouko
Cantor e compositor Pierre Schaeffer
Eartha Kitt, 1950
Juliette Gréco e Bidet

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário