Fotografia documental

Fotografias mostram o uso de animais na Primeira Guerra Mundial

Livros de fotografia

A Primeira Guerra Mundial ocorreu em uma época em que a tecnologia moderna ainda estava em desenvolvimento e algumas coisas aconteciam de forma arcaica. Com duração de quatro anos (1914-1918) a Primeira Guerra Mundial causou um enorme sofrimento aos humanos e aos animais que era utilizados como locomoção, logística e comunicação.

O transporte de armamento e munições que chegavam nas cidades dependiam de cavalos, burros, bois e camelos. Durante as batalhas os cavalos eram utilizados pelos soldados, e muitos morriam em combate. Após esses episódios era comum o uso de novos cavalos para a retirada dos corpos de animais do local. Os animais tiveram um papel importante na Primeira Guerra Mundial eles enfrentaram ao lado dos humanos e sofreram com doenças, falta de comida e água.

O exército britânico eram os que possuíam mais cavalos, cerca de 500.000 que ajudavam na distribuição de alimentação aos soldados. As mulas e burros também serviam como meio de transportes, os animais maiores eram úteis pela quantidade de lama profunda e crateras que se encontravam ao longo do caminho, além de sua força.

Os cães eram treinados para o uso da comunicação e levavam mensagens até a linha de frente de combate. Os pombos também cumpriam o papel de mensageiros, eram treinados e voavam até 40 km/h, como papéis presos ao corpo. O que acabou tornando-se um meio de comunicação mais seguro do que o rádio. O pássaro “Cher Ami” era conhecido por servir aos americanos e chegou até a receber uma medalha por seu trabalho. Sua última missão foi a entrega de uma mensagem que salvou a vida de 194 soldados.

Fonte: Rare historical photos

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário