Fotografia documental Inspiração

Fotógrafa retrata e denuncia mortes e abandono de crianças com albinismo

Foto: Marinka Masséus
Livro de fotografia

Uma foto ou mil palavras? Na Tanzânia, se você tem albinismo, acredita-se que seja um mal. Existe até um preço na cabeça das crianças com albinismo, já que matar uma pessoa com albinismo é considerado boa sorte.

Por causa dos assassinatos, muitas crianças com albinismo vivem em acampamentos. Rejeitados por suas famílias, eles são isolados, mantidos separados, escondidos, muitas vezes maltratados e envergonhados.

Por isso, a fotógrafa Marinka Masséus (@marinkamasseus) fez uma série fotos para aumentar a conscientização e mostrar as circunstâncias terríveis que as crianças com albinismo vivem na Tanzânia.

Fotografias contam histórias, fotografias mudam e constroem um mundo melhor!

Foto: Marinka Masséus
Foto: Marinka Masséus
Foto: Marinka Masséus
Foto: Marinka Masséus
Foto: Marinka Masséus
Foto: Marinka Masséus