Tendência

Fotografia de rua: 3 dicas inúteis que você nunca deve dar ou ignorar

Ao longo de nossas vidas, daremos e receberemos incontáveis ​​conselhos, sejamos fotógrafos amadores ou profissionais. No entanto, nem todos esses conselhos são úteis ou construtivos. Na verdade, eles podem simplesmente afastá-lo do prazer de seu trabalho. Por isso, o fotógrafo Roman Fox reuniu as três piores dicas de fotografia de rua que você pode ouvir e que você nunca deve dar para outras pessoas. Veja abaixo o que ele disse:

1. ”Editar a foto é trapaça”: Embora eu não seja um fotógrafo de rua, sempre encontro essa frase aqui e ali. Também já ouvi isso muitas vezes para a fotografia de paisagem, o que considero um absurdo: acho a edição extremamente importante em paisagens. 

Fotografia de rua: 3 dicas inúteis que você nunca deve dar ou ignorar

Nem é preciso dizer que o estilo de cada pessoa é individual em cada gênero fotográfico. Portanto, ninguém deve dizer o quanto você deve editar sua foto. Claro, também depende do que você está fotografando. Se você estiver criando uma obra de arte, terá liberdade de edição ilimitada. Mas se você deseja documentar fielmente um evento, deve se ater às edições básicas e não editar nada que possa mudar a história. Mas no geral: editar definitivamente não é trapaça, é uma expressão artística como a própria fotografia.

2. “Cortar a foto é trapaça”: Tenho certeza de que a maioria de nós quer fazer o melhor para obter a foto perfeita (luz e enquadramento) direto da câmera. No entanto, com a fotografia de rua, muitas vezes isso é muito difícil. Você deseja ser rápido e capturar o momento, em vez de obter a composição perfeita na câmera, portanto, cortar sua foto na pós-produção não é apenas permitido, mas às vezes desejável para obter e mostrar o melhor da sua foto.

Fotografia de rua: 3 dicas inúteis que você nunca deve dar ou ignorar

3. “Isto não é fotografia de rua”: muitas vezes presume-se que tudo deve ser feito da mesma maneira e estar de acordo com “diretrizes” pre-estabelecidas. Então, as pessoas muitas vezes irão “avisá-lo” de que o que você está fazendo não é “fotografia de rua”. Roman ressalta que este não é nem um conselho que vem de um bom lugar, mas sim da insegurança e da inveja de alguém que não está enxergando na rua o que você está sendo capaz de ver.

Fotografia de rua: 3 dicas inúteis que você nunca deve dar ou ignorar

Veja abaixo o vídeo, onde Roman, originalmente, deu essas dicas. O vídeo está em inglês, mas você pode ativar a legenda em português.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *