Fotografia de casamento

6 dicas para planejar a cobertura de um casamento

Foto: Emma Bauso
congresso de fotografia

O planejamento é importantíssimo na fotografia, indiferente em qual área seja. O fotógrafo Everton Rosa autor do livro ‘Criatividade na fotografia de casamento’ desenvolveu um capítulo especial sobre como preparar um planejamento perfeito. E para te ajudar nessa jornada fotográfica e de aprendizado selecionamos 6 dicas importantes.

1) Pensando no produto final

A fotografia de casamento vai resultar em algum produto final que muitas vezes é o álbum e não apenas as fotografias soltas e perdidas. A primeira dica de Everton Rosa é o fotógrafo atentar-se a esse fato e assim organizar seu equipamento, pensar na qualidade da imagem e no formato do material.

“Por exemplo, procuro condicionar a captura ao tipo de álbum que vamos entregar: se for um álbum vertical, daremos preferência às fotos na vertical; se for horizontal, às fotos na horizontal. A equipe deve atuar na mesma perspectiva.”

2) Confiança na equipe e conversas esclarecedoras

É importante pensar que muitas vezes se a sua equipe não está trazendo o resultado esperado é porque a informação não foi passada de maneira clara. Portanto fotógrafos, ser humilde e reconhecer seus erros é a segunda dica.

Muitas vezes o principal contato dos noivos é com o fotógrafo que está coordenando a equipe. “Procuro passar informações a seu respeito e sobre como ele espera que a cobertura seja realizada, para que meus egundo e eventual terceiro fotógrafo estejam sintonizados e mais cientes sobre como devem atuar.”

Quanto mais afinada a comunicação com a sua equipe maior a produtividade, não será necessário o uso de rádios durante o evento, o elo de intimidade e criatividade precisa ser construído com a sua equipe. “Quando cada um sabe o que deve fazer, tudo funciona muitíssimo bem. É claro que conversamos bastante durante a preparação e a cada intervalo da cobertura, como entre a cerimônia e a festa.”

3) A regra geral

Fotógrafos menos experientes ou até mesmo aqueles com uma enorme bagagem podem se deparar com momentos excepcionais e na dúvida fotografe. Não se sinta acanhado, fotografe tudo mesmo e garanta um material completo para o seu cliente.

4) O contrato

Uma questão que assombra muitos fotógrafos e assim como tudo na vida vai melhorando com a experiência. O contrato pode pegar alguns profissionais de surpresa por isso é melhor que você inclua inúmeras condições que possam garantir o seu conforto e o da sua equipe. Mas conforto num nível lógico, como alimentação e transporte, por exemplo.

Em algum momento da sua carreira é melhor repensar como anda a sua remuneração, alguns fotógrafos trabalham por hora, outros por uma quantidade de fotos. “Faz algum tempo que passei a vender o meu trabalho por hora. Dessa forma, pude alcançar uma faixa de público interessada em me contratar mais limitada por um orçamento um pouco mais reduzido.”

5) A decoração

Parece besteira mas a decoração é algo muito importante, afinal aquele é o cenário dos sonhos do casal. Ao fotografar a decoração Rosa compartilha que utilizar as técnicas da fotografia de arquitetura pode trazer uma nova visão do local, não apenas um registro. “Segundo os critérios e técnicas da fotografia de arquitetura e pensando não apenas na composição do álbum, mas no trabalho da equipe responsável pela organização, floristas, decoradores e os demais profissionais que contribuíram para a montagem do cenário.”

6) A chegada dos convidados

Registrar a presença dos convidados também é um ponto importante na fotografia de casamento, os noivos sempre irão perguntar se não tem uma foto daquele tio que veio de longe, da prima querida, ou de alguma criança. Portanto fique atento, converse com a equipe organizadora do evento, tente descobrir quem são os convidados ilustres e não esqueça de informar a sua equipe.

Ficou interessado por mais dicas como essas? É só dar uma passadinha na nossa loja online e garantir o seu exemplar de Criatividade na fotografia de casamento, de Everton Rosa.

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!