Casamento

Adolescente finge ser videomaker de casamento e causa confusão

Livro de fotografia

Um adolescente se tornou notícia internacional após mentir ser videomaker. Ele foi contratado para filmar o casamento das noivas Amy e Teagan que pagaram US $ 1.900 AUD pelo trabalho, a empresa do garoto seria a Simplicity Films, o site vendia filmes lindos e era administrado por alguém chamado Ashley. 

A espera pela devolutiva do material durou sete meses e o resultado era horrível. Amy descreveu o vídeo para o programa  Current Affair como algo que “uma criança poderia ter filmado” e Teagan diz que “As imagens de mim andando pelo corredor são tão instável e tão nojento. Ele cortou minha cabeça, a cabeça de meu pai e a maior parte está focada no meu bumbum. É horrível”.

Depois da divulgação da notícia outras noivas entraram em contato com o programa. O repórter confrontou Ashley, e confessou ser menor de idade. A história toda ainda anda meio confusa, como por exemplo quais seriam os motivos para tal ato. 

Fonte: PetaPixel

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

  • Aqui no Brasil está cheio disso. Gente que usa material de outros no portfólio e sem conhecimento nem técnica arruma jobs que não saem fazer. Comum.