Curiosidades

Estudo aponta os motivos por trás das selfies

Foto: Hassan OUAJBIR / Pexels

As selfies publicadas nas redes sociais sempre foram criticadas e ao mesmo tempo criaram um universo perfeito ao redor dos influencers digitais, tornando-se praticamente a representação de muito do que hoje são as redes sociais. Por isso estudá-las faz muito sentido, as selfies englobam uma parte do que é o comportamento humano hoje.

Foto: Eduarda Portrait / Pexels

Psicólogos da Washington State University publicaram uma pesquisa no Journal of Research in Personality onde apontam algumas análises sobre as selfies. O estudo mostra que pessoas que publicam muitas selfies são consideradas inseguras, menos bem-sucedidas e menos agradáveis.

A análise foi realizada em duas fases. Na primeira 30 imagens de graduandos foram classificadas como selfies ou posies, e na fase dois 119 graduandos deram 13 atributos entre autoestima, sucesso e solidão. Nenhum deles se conheciam e não haviam números incluídos para análise. “Os alvos que postaram mais selfies foram classificados de forma mais negativa (por exemplo, mais solitários, menos bem-sucedidos)”.

Foto : Djordje Petrovic / Pexels

“Mesmo quando dois feeds tinham conteúdo semelhante, como representações de conquistas ou viagens, os sentimentos sobre a pessoa que postou selfies eram negativos e os sentimentos sobre a pessoa que postou fotos eram positivos”, Chris Barry, professor de psicologia da WSU e principal autor do estudo, disse o WSU Insider. “Isso mostra que existem certas pistas visuais, independentes do contexto, que provocam uma resposta positiva ou negativa nas mídias sociais”.

A grande questão é não generalizar todas as selfies postadas, e tentar buscar uma autoanálise sobre qual a sua intenção ao postar uma selfie?

Fonte: PetaPixel