Equipamentos de fotografia

Fujifilm doa câmeras instantâneas para médicos se conectarem com pacientes infectados com o COVID-19

A Fujifilm UK anunciou uma iniciativa excelente para apoiar os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus. A empresa doou 120 câmeras Instax e 7.500 impressões Instax para hospitais no Reino Unido, Holanda, Turquia, Itália, Portugal, Espanha, Rússia, França e Dinamarca. O objetivo é que os médicos e enfermeiros possam tirar uma foto de si mesmos e anexá-la ao seu EPI – Equipamento de Proteção Individual. Dessa forma, eles podem “compartilhar seus rostos ​​por trás dos EPIs” – um lembrete de que há um humano amigável do outro lado.

A ameaça de infecção por coronavírus dificulta a conexão dos médicos com os pacientes que estão tratando. Quando cobertos por EPIs (óculos, máscaras, luvas e macacões), os pacientes podem ver apenas os olhos dos profissionais de saúde. E embora a fotografia não seja capaz de ajudar a tratar pacientes ou proteger os profissionais de saúde, a Fuji acredita que ela pode ajudar a promover uma conexão mais próxima entre médicos e enfermeiros e os pacientes.

Equipes de saúde interessadas em receber um kit Instax da Fujifilm devem entrar em contato com eles por e-mail comms_uk@fujifilm.com. “Doar câmeras e filmes Instax é apenas uma pequena maneira pela qual a Fujifilm pode ajudar. Fomos informados de que tanto para os profissionais de saúde quanto para os pacientes mostrar um rosto amigável por trás do EPI ajuda a trazer conforto e compreensão nas situações mais difíceis”, disse Hiromoto Matsushima, vice-presidente sênior da Fujifilm, na Europa.

Fonte: DPreview