Equipamentos de fotografia Fotografia com celular fotografia mobile Mobile

5 dicas de segurança para fotografar o Carnaval com celular

Foto: Pixabay
iPhoto Editora

Mais e mais fotógrafos tem usado celulares e smartphones para fotografar ensaios, casamentos ou eventos sociais. E isso é uma tendência no mercado de fotografia em função da praticidade desse tipo de aparelho, pois possuem conectividade total e instantânea com redes sociais, o que facilita a publicação das fotos, como também a rapidez para fazer a correção das fotos através de inúmeros aplicativos.

Porém, os celulares e smartphones também são alvos fáceis de roubos e furtos em qualquer lugar. E hoje é um dos aparelhos mais visados por ladrões ou quadrilhas. Por isso, veja 5 dicas para fotografar com segurança usando seu celular, principalmente agora no Carnaval, onde há um aumento no número de furtos dos aparelhos.

1 . Cuidado onde usa o Wireless e o Bluetooth

Quando não estiver em casa, no seu estúdio (ou em algum lugar que conheça), desligue a sua conexão sem fios e o bluetooth do seu aparelho e dê preferência à sua conexão 3G ou 4G. Diferente da rede da sua casa/estúdio, as conexões sem fio da maioria dos lugares públicos não oferecem o mínimo de segurança. Conectando-se a elas, você passa a estar vulnerável e suscetível a ataques de hackers. Desligue a rede sem fio para evitar problemas.

2. Fazer backup dos seus dados

Geralmente no seu celular/smartphones há muitas fotos e dados armazenados, mas nem sempre existe uma cópia/backup deste material gravado em outro lugar. Então, antes de sair para fotografar num lugar externo ou com muita aglomeração de pessoas, como é o caso do Carnaval, faça um backup de todos os dados. Uma boa opção para isso é o Google Photos, que é gratuito e disponibiliza espaço ilimitado para backup de fotos e vídeo (veja como fazer neste link). No iPhone também é possível fazer a cópia de segurança dos arquivos localmente utilizando o iTunes ou na nuvem utilizando o iCloud.

3. Guarde bem o seu aparelho quando não estiver fotografando

Fotografar com celular/smartphone sempre é uma ação que o aparelho fica bem exposto. Então, quando não tiver usando o aparelho para clicar não deixar o celular no bolso de trás da calça. Aproveite a volta das pochetes ou use uma doleira por dentro da roupa. Se puder usar uma calça ou blusa que tenha um bolso com zíper é ainda melhor, de preferência na parte da frente do vestuário. Caso faça o armazenamento do aparelho numa mochila, evite de coloca-los nos compartimentos externos (pequenos bolsos), pois eles facilitam o acesso rápido dos bandidos.

4. Use senhas em tudo que puder

Essa é a forma mais básica de segurança do seu celular/smartphone. Porém, muitos fotógrafos acabam não fazendo esse procedimento extremamente eficiente, que pode evitar que informações confidenciais seja acessadas por outras pessoas não autorizadas. Então, é aconselhável proteger o acesso à tela inicial do aparelho para proteger aplicativos que possam conter informações sensíveis e de conteúdo privado, como o Mail no iPhone e o Gmail no Android.

5. Faça o seguro do seu aparelho

Além das medidas de segurança como backups dos dados, senhas de acessos e medidas preventivas na hora de usar e armazenar, outro medida importante e barata é fazer um seguro total do seu celular/smartphone. O seguro cobre além de roubo e furto, danos à tela causados por uma queda acidental ao chão ou dano por contato com água. Aqui no Brasil a FotoSeg é uma das empresas mais confiáveis e tradicionais em seguros de equipamentos fotográficos, sejam eles celulares/smartphones ou câmeras DSLR, Mirrorless e Drones. Para fazer o seguro entre em contato com a FotoSeg pelo WhatsApp (11) 9 5328-0169, telefone fixo (11) 3731-3465 ou pelo email seguro@fotoseg.com.br.