Entrevista

Invista na sua assinatura, por Angelo Pastorello – Parte 2

iPhoto Editora

Continuação entrevista com fotógrafo Angelo Pastorello. Perdeu a primeira parte? Confira aqui

PhotoChannel – Em um mundo tão preocupado com tecnologia, você se destaca com um material feito com analógicas. Porque mantém o analógico? Qual a importância para um fotógrafo em entender a fotografia analógica?

Angelo Pastorello – Eu me destaco pelo meu trabalho, por ter uma “assinatura”, independente se a fotografia foi captada com uma câmera de filme ou uma câmera digital, se eu usei uma Lomo ou uma câmera 8×10 com Trix fotometrado a iso 100 e sub-revelado em Pyrogalol, ou uma Canon 5D MARK  III. Eu fotografo muito com Filmes Infrared, então tenho uma Canon para filmes. As lentes são as mesmas, tenho um jogo de Filtros BW, tenho uma Kodak 8×10, uma Sinar F2 4×5, uma Hasselblad 503 CW, uma Nikonos RS submarina de filmes, algumas Lomos e três Polaroides.

Continuo gostando muito da magia do laboratório. Mantenho meu laboratório no estúdio e principalmente quando quero “fugir” do vídeo game que é o Photoshop. Mas também gosto da câmera digital, gosto do Photoshop e uso tudo isso a meu favor. Faço uma intersecção dos dois. Escaneio meus filmes 8×10 polegadas, transformo arquivos digitais em filmes. Mas tudo tem que estar adequado a cada propósito. Não faço um catálogo de moda com a minha Hassel, se não houver verba, e se a proposta estética não for filmes. Então, o mais adequado e mais barato é a câmera digital.

Para a maioria dos meus trabalhos autorais prefiro as câmeras de filmes e ampliações em papel fotográfico para as exposições.

A fotografia com câmera digital tem se tornado cada vez mais uma ilustração. Muito se discute sobre os limites do tratamento de imagem e o suporte papel está cada vez mais raro, seja um papel fotográfico, um livro, uma revista. As imagens são vistas em celulares, Tablets e telas de computador, nem sempre boas e calibradas, portanto a qualidade não está em pauta, pois a maioria das fotos tem este destino, acabou a energia, acabou a imagem. O pixel não existe.

Não acho que os fotógrafos que conheceram a fotografia com as câmeras digitais tenham a obrigação de entender de filmes. Se entender, melhor. É um diferencial a mais, comercialmente falando. O importante é entender de fotografia independente da captação.

Porém, acho que todo fotógrafo tem a OBRIGAÇÃO de conhecer a fotografia cronologicamente, desde o começo. Quais foram as transformações físicas, químicas, eletrônicas na fotografia e quais as transformações conceituais importantes. Além do conhecimento que ajuda na formação, não cometeremos o erro de achar que estamos sendo criativos, pois algum fotógrafo há mais de 100 anos já fez e fez melhor.

PhotoChannel –  Para refletirmos juntos, gostaria de saber o que é a fotografia para você?

Angelo Pastorello – Eu poderia citar muitas frases de mestres da fotografia que eu admiro, mas vou parafrasear uma frase do Einstein: “5% de inspiração e 95% de transpiração”.

Lembrando a importância de uma formação abrangente tanto técnica quanto conceitual, para o profissional desenvolver sua própria linguagem, sua assinatura, a informação é importante. A internet é um excelente instrumento de pesquisa, mas é também um amontoado de besteiras escritas por qualquer um. Não acredite em tudo que você lê. Procure saber a história de quem escreveu sua carreira. O que mais temos hoje são fotógrafos de internet, basta postar um álbum qualquer no Facebook e se intitular fotógrafo e  infelizmente algumas pessoas acreditam!

Algumas dicas de leitura de Angelo:

“A Câmera Clara” de Roland Barthes, “A Imagem” de Jacques Aumont, “O Ato Fotográfico” de Philippe Dubois, “Os Tempos da Fotografia” de Boris Kossoy, “Realidades e Ficções na Trama Fotográfica” de Boris Kossoy, “Teoria e Prática” de Thales Trigo (para quem está começando e para entender sobre o universo digital), The Camera, The negative, The Print, todos do Ansel Adans (para entender o zone sistem).

Livros de fotógrafos: Richard Avedon, Irving Pen, Jean Loup Sieff, Nick Knight, Stevem Meisel, Herb Hits, Henry Cartier Bresson, Helmut Newton, David Bailey, Man Ray, Albert Watson, Peter Lindenberg, Marco Glaviano, Annie Leibovitz, Ansel Adans.

 

Para quem quiser mais informações e dicas:

E-mail : pastorello@terra.com.br

Site: www.angelopastorello.com.br

Facebook: Studio Angelo Pastorello

Instagram: @angelopastorello

gif

Sobre o autor

Cynthia Badlhuk

Cynthia Badlhuk

Estudante de Jornalismo, apaixonada por música, fotografia e literatura contemporânea. Escreve também para o site www.livrosdefotografia.com.br. Contato: cynthia@iphotoeditora.com.br

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário