Documentário sobre fotografia

Documentário conta a história de Dorothea Lange, lenda da fotografia

A "Mãe imigrante" de Dorothea Lange, feita em 1936, é uma das fotos mais icônicas das que a fotógrafa produziu para a FSA

Antes mesmo de possuir uma câmera, Dorothea Lange começou sua odisséia visual em East Side, bairro de Nova York, com uma paixão por se misturar com as pessoas comuns nas ruas. Depois de se mudar para o Ocidente, ela se tornou uma das grandes fotógrafas da história. Mas quando a Grande Depressão chegou, Lange reagiu às mudanças ao seu redor voltando para as ruas da cidade e fotografando as pessoas pobres que viviam lá. Ela estava entediada com o trabalho em estúdio e adorava a agitação e a alegria da fotografia de rua. Ela não voltaria a fotografar os ricos, mas consolidaria sua reputação fotografando os empobrecidos americanos dos anos 1930.


Duas de suas fotos, mãe migrante e fila de pão de anjo branco se tornaram ícones da Grande Depressão. Este documentário, de 37 minutos, é baseado em várias fontes primárias e secundárias, incluindo entrevistas com Lange, filmes sobre sua vida e várias biografias. O documentário está em inglês, mas você pode ativar a legenda em português (veja como ligar a legenda em português, mudar cor e tamanho da fonte no vídeo abaixo).