Cinema Composição Direção de modelos

Cena de filme indicado ao Oscar 2020 é uma aula de direção de fotografia

Cena do filme 1917: indicado ao Oscar de Melhor Filme e Fotografia
Livro de fotografia

O filme 1917, surpreendentemente, venceu o Globo de Ouro e agora surge como um dos favoritos a melhor filme e fotografia do Oscar 2020. Dirigido pelo premiado Sam Mendes (Beleza Americana, 007 – Operação Skyfall) vem ganhando mais destaque na mídia, especialmente pela sua direção de fotografia, feita por Roger Deakins (Blade Runner 2049) e a forma de conduzir as cenas, em plano-sequência.

Um making-of publico no perfil How Things Work, no Twitter, mostra como foi gravada uma das cenas do filme e como foi feito o trabalho primoroso na direção de fotografia. Assista abaixo:

Nas imagens, é possível notar os atores em cenas envolvendo explosões e tiroteios, evidenciando também como a maior parte dos efeitos visuais possui composição analógica, mantendo-se o mais realista possível. “Sendo um filme de uma longa tomada na montagem, ficou claro que seria muito imersivo”, contou o diretor de fotografia Roger Deakins, que também revelou que a equipe de filmagem gravava o céu todos os dias para que a continuidade das tomadas não fosse afetada posteriormente. Para a produtora Pipa Harris, o maior primor do filme é a sua forma de repassar realidade ao público: “Faz você realmente sentir que está nas trincheiras”, disse ela.

1917 conta a história de dois soldados ingleses correndo contra o tempo para avisar ao seu batalhão sobre uma armadilha inimiga, durante a Primeira Guerra Mundial. Eles precisam atravessar o território inimigo e entregar uma mensagem que pode salvar 1600 de seus companheiros.

O que achou dessa cena e da direção de fotografia? Deixe seu comentário abaixo.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário