Dicas de Fotografia

Qual a diferença das fotos de um fotógrafo profissional e de um fotógrafo amador?

Uma crítica muito comum entre fotógrafos é que hoje qualquer pessoa compra uma câmera e já se diz fotógrafo profissional. E todos sabemos que para sair de fotos amadoras para profissionais não basta apenas um bom equipamento, principalmente, é necessário desenvolver o olhar para enxergar a luz, criar boas composições e capturar o momento mais impactante dentro de uma cena. Para mostrar essa diferença do olhar aguçado de um fotógrafo profissional, o premiado fotógrafo Vijce resolveu fazer um ensaio numa escadaria comum numa estação de trem. Ele ensina 4 regras fundamentais para fazer fotos profissionais em qualquer lugar.

A escadaria que Vijce escolheu é um lugar bem deprimente e cinza (veja fotos abaixo). Portanto, difícil de fazer fotos bonitas. “Se você simplesmente observar qualquer cenário por um tempo, por mais deprimente que possa parecer à primeira vista, notará coisas que outros que passam não vêem. Você notará pessoas que você ignoraria. Essa é a chave para encontrar fotos únicas em qualquer situação, bem como experimentar perspectivas, deitando-se, andando e olhando para cima”, disse Vijce.

Regra número 1: o lugar não importa

Quando comecei a fotografar, sempre pensei: se eu pudesse fotografar em Nova York, Tóquio, Paris ou Amsterdã, minhas fotos de rua seriam muito melhores… Mas acontece que tudo se resume à sua imaginação, criatividade e paciência. Para ser sincero, capturei minhas fotos de rua favoritas no mais feio de todos os lugares. Claro, é um pouco mais desafiador encontrar o extraordinário no comum. Se você mora em uma pequena vila, cidade pequena ou metrópole gigante, não importa. Escolha um local em que pelo menos a cada 10 minutos alguém passe. Quanto mais feio o local, mais gratificante e impressionante o resultado pode ser.

Fotografar a escada de cima para baixo: para fazer essa foto Vijce usou a luz de fundo do corredor do metrô para destacar o assunto. Além disso, os corrimãos servem como uma linha de frente. No pós-processamento, ele escureceu um pouco a parte esquerda para fazer a transição do escuro para o claro.

Regra número 2: observe o lugar por 30 minutos antes de fotografar

Se você passar um cenário após 1 minuto, descobrirá o que todo mundo vê. Ficar lá por um tempo faz com que você explore todos os aspectos e oportunidades. A chave do sucesso é manter esse local . Digamos que você esteja em um pequeno shopping center ou ao lado dos correios em sua pequena vila. Dê a si mesmo um mínimo de 30 minutos e explore tudo ao seu redor.

Fotografar a escada de baixo para cima: para fazer essa foto Vijce esperou o sol se pôr e se certificou de que apenas uma pessoa descesse as escadas. Dessa forma, o lugar parece mais reduzido e elegante.

Regra número 3: Deite-se no chão, caminhe, vire a cabeça para a esquerda, direita, para cima e para baixo – tente o maior número possível de perspectivas. Experimente esta locação em diferentes configurações de luz, tipos de clima e atmosferas. Você notará tantas diferenças importantes e sutis que lhe oferecerão novas oportunidades.

Fotografar a escada rolando da rua cima: Vijce foi na rua acima da entrada do metrô e esperou alguém no meio das escadas rolantes. Para concentrar a luz, ele fez uma vinheta bastante forte nas bordas na edição e aumentou um pouco a saturação no guarda-chuva.

Regra número 4: Observe o que as pessoas estão fazendo. Tente prever o que vai acontecer para que você possa desenvolver uma composição que enquadre o assunto. Mesmo que a cada 20 minutos uma pessoa apareça, não há problema. Aproveite esse tempo para pensar em suas composições.

Fotografar um casal descendo a escada rolante: Vijce seguiu um casal até a escada rolante e usou os reflexos para criar uma atmosfera bem artística. Por que ele cortou a cabeça deles? Nesse caso, o foco maior era para ser os reflexos e cores. No pós-processamento, Vijce aumentou a saturação do vermelho e tornou as áreas claras mais quentes por meio do comando Tonalização Dividida.
Fotografar a escada rolante posicionado na escada comum: Vijce fotografou esse adorável cavalheiro diante das luzes do corredor que estavam no fundo. Colocou-o à esquerda, para que o espectador possa antecipar seu movimento na escada rolante.