Dicas de Fotografia

Como fotografar em lugares feios

Fotos: Rachel Gulotta
congresso de fotografia

Quantas vezes você já encontrou postagens de “como as fotos foram feitas” e geralmente o lugar não parece ser muito propício para a composição? Fotografar em lugares feios não é exatamente um grande desafio quando você sabe o que pode ser feito para melhorar a sua foto.

Podemos definir “lugares feios” como aqueles sem decoração, produção, onde as cores não combinam, com objetos estranhos, ou seja, sem composição, mas aos  olhos criativos de um fotógrafo tudo é possível. Um vídeo em parceria entre os canais do Youtube Mango Street e da fotógrafa Jessica Kobeissi mostra como produzir uma foto em um lugar feio. Inspirados na ideia das fotógrafas organizamos cinco dicas que podem te ajudar quando se deparar com uma situação dessas.

As fotógrafas Jessica Kobeissi, Rachel Gulotta e a modelo Sasha K

1) Ângulos

Isso pode parecer óbvio mas o ângulo em que você fotografar vai fazer toda a diferença. É muito fácil fotografar em um local feio com a lente fechada no rosto da modelo deixando o fundo todo desfocado, mas a ideia é desafiar as suas habilidades na fotografia. Explorar ângulos em um ambiente que não parece propício para fotografar vai ser a melhor saída para a sua produção.

Fotos: Rachel Gulotta

2) A roupa da modelo

As cores da roupa da modelo no vídeo são neutras o que ajuda na hora de combinar a composição com o local. Branco, preto, bege e cinza são cores que podem ajudar na neutralização, por isso é interessante levar uma peça coringa, como acontece no segundo momento do vídeo onde a modelo usa um casaco bege que acaba servindo como um “acessório” na hora de desenvolver as poses.

Frame do vídeo: Ugly Location Challenge – Ft. Mango Street

3) Criatividade

Trabalhar a sua criatividade é a chave para sair de uma emboscada dessas. Estudar poses, ângulos, cores e entender a sua câmera vai te ajudar na hora da criação, evitando que você feche a lente no modelo. Criatividade vai além de estudos técnicos, analise as composições de outros fotógrafos, qual foi a solução que ele encontrou?

Fotos: Jessica Kobeissi

4) A modelo

No vídeo é perceptível o desenvolvimento da modelo, a quantidade de poses desenvolvidas durante o ensaio e a sintonia criada com as fotógrafas. Não veja como um enorme desafio o fato de fotografar pessoas não modelos. Pelo contrário, estude sobre o assunto e a ajude na hora de criar as poses que você deseja. É válido ter sempre em mãos algumas ideias do que você imagina para aquela produção, mostre para a modelo como você deseja.

A fotógrafa Rachel Gulotta mostrando a pose desejada

5) Estude, estude, estude

Nós sempre iremos bater na tecla de que estudar é a melhor opção. Quanto mais você estudar e entender sobre fotografia mais desenvoltura terá na hora da ação. Estude composição, ISO, diafragma, cores, poses; estude tudo o que você acha que será necessário para a sua bagagem, e quando ela estiver cheia, você sentirá vontade de encontrar uma nova mala e preenchê-la com mais conteúdo. Para entrar de cabeça no mundo da fotografia confira nossos livros e dicas online.

Fotos: Rachel Gulotta
Fotos: Jessica Kobeissi

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!