Dicas de Fotografia

7 dicas ​​para capturar fotos mais impactantes

Foto: Christian Hoiberg

Capturar imagens que chamam a atenção é o objetivo de qualquer fotógrafo. É exatamente isso que separa um bom fotógrafo de um mediano, porém, é uma habilidade que leva anos para ser desenvolvida. Mesmo depois de anos, é algo que os fotógrafos lutam para alcançar. Em artigo para o site CaptureLandscapes, o fotógrafo norueguês Christian Hoiberg apresenta 7 dicas ​​para capturar fotos mais atraentes.

1. Tenha um ponto de interesse

Sua imagem deve ter um ponto de interesse para chamar atenção. Sem um forte ponto de interesse, as pessoas provavelmente passarão pela sua imagem sem perceber.

Um forte ponto de interesse não precisa ser um assunto espetacular. Montanhas são ótimas, mas qualquer coisa tem a possibilidade de ser um ponto de interesse se usado corretamente.

Coloque-se no lugar do espectador: existe um ponto óbvio de interesse na imagem? Se não houver um lugar natural para os olhos descansarem, a resposta é não e você precisa reavaliar a imagem.

Foto: Christian Hoiberg

Talvez você tenha um assunto interessante, mas não há elementos que levem seus olhos para ele. Nesse caso, tente trabalhar com os elementos ao seu redor para enfatizar esse assunto.

2. Use linhas para guiar o espectador

Ter um ponto de interesse é apenas o passo número um. Como mencionado, mesmo quando você tem um ponto de interesse, pode não ser óbvio, já que você não tem nenhum elemento que o leve adiante.

É aí que entram as linhas de condução. As linhas são elementos de composição encontrados em quase todos os lugares que melhoram drasticamente suas imagens. Elas ajudam a guiar o espectador pelo quadro e, de várias maneiras, informam onde procurar.

Uma linha de condução muito óbvia é uma árvore ou uma estrada que leva diretamente ao assunto principal. Seus olhos seguirão naturalmente estas linhas até este ponto.

Foto: Christian Hoiberg

Linhas de condução são mais do que apenas estradas e caminhos. Podem ser rochas, galhos, rachaduras, lama, arbustos, flores. Qualquer coisa que ajude a guiar seus olhos para o assunto é considerada uma linha de condução.

3. Use a luz para guiar o espectador

Há mais maneiras de guiar o espectador do que através de linhas de condução; A luz direcional é outro método igualmente importante.

A luz é essencial em uma boa fotografia. Há uma razão pela qual os fotógrafos costumam revisitar locais regularmente, mesmo depois de meses ou anos; eles estão esperando pela luz que melhor mostra as emoções que eles querem apresentar na imagem.

Uma boa luz é o que faz a diferença para uma boa foto. Sem ela, a imagem não tem vida e é simplesmente plana e monótona. Basta olhar o exemplo abaixo. Sem a luz, a imagem não seria nada de especial.

Foto: Christian Hoiberg

Espere que a luz se torne interessante. Se você não tiver tempo, tente ler como a luz está afetando o quadro atual. A luz é dura? É suave? Reflete sobre um assunto? Existem raios solares? Use os elementos dados para trabalhar em torno da cena e tirar o máximo proveito da situação dada.

4. Tenha uma composição forte

Este é talvez o maior indicador do nível de habilidade do fotógrafo. Uma composição forte torna a imagem mais agradável de ver e é uma parte crucial da história contada através da sua imagem.

A composição é algo em que os fotógrafos trabalham continuamente para melhorar. Muitos acreditam que você nunca aprenderá completamente composições e que é algo que evolui ao longo de sua carreira.

Christian acredita que diretrizes como a Regra dos Terços e a Proporção Áurea são ótimas ferramentas para ajudar a melhorar as composições, mas ele recomenda olhar além e levar em consideração outros elementos como harmonias de cores, luz direcional e peso visual.

Mais importante ainda, Christian sugere não seguir essas “regras” com muita precisão. Uma ótima composição não precisa ser o exemplo perfeito de uma regra de composição – contanto que o fluxo visual seja agradável.

5. Esteja ciente do clima

Infelizmente, nem todas as condições meteorológicas são ótimas para todas as fotografias. Certas cenas se beneficiam de certos tipos de clima e isso é algo que você deve levar em consideração. Há sempre temas para fotografar, mas é uma questão de encontrar aqueles que se destacam nas condições dadas.

Veja as imagens abaixo como um exemplo. Christian conta que voltou a este local inúmeras vezes ao longo de um período de 6 meses, procurando as condições que melhor se adequavam à cena. “A primeira imagem mostra as condições que muitas vezes tive e a imagem em si não é nada especial. No entanto, quando as condições de uma manhã incluíam nuvens coloridas e rápidas, bem como um oceano semi-rugoso, a imagem ficou muito mais interessante.”

Foto: Christian Hoiberg

Da mesma forma, se você estiver fotografando a floresta, certas condições tornarão a imagem mais atraente; talvez a luz do sol esteja criando raios solares através das árvores ou há uma espessa camada de neblina.

Se você está planejando visitar um local de fotografia local, certifique-se de ter verificado a previsão e visitar em um dia que parece oferecer a maior possibilidade de clima interessante.

6. Fotografe seletivamente

“Fotografar o máximo possível” é um conselho comum aos fotógrafos iniciantes. Embora seja uma ótima maneira de aprender como sua câmera funciona e melhorar suas habilidades, aprenda a ser mais seletivo com o que você fotografa; ou, no mínimo, ser mais seletivo com o que você publica online.

A verdade é que as imagens que chamam a atenção não estão ocorrendo diariamente. Na verdade, 99% das imagens capturadas por um fotógrafo profissional nunca verão a luz do dia. Elas podem ser imagens decentes, mas decentes não são o que eles pretendem capturar.

Faça a você mesmo uma pergunta simples antes de apertar o botão do obturador: Essa imagem tem o potencial de ser boa? Se a resposta for sim, então vá em frente e capture-a. Se a resposta for não, pense em por que ela não tem o potencial; a composição não é boa o suficiente? A luz é chata? O assunto é chato?

Respondendo a essas perguntas, você terá uma indicação se deve fazer ajustes e capturar a imagem ou simplesmente seguir em frente.

7. Capture mais que apenas um registro

Se você está apenas capturando imagens para documentar suas viagens e sua finalidade é ser compartilhada com amigos e familiares, fotografe tudo o que quiser. Mas se você pretende tornar-se um fotógrafo melhor e capturar imagens que despertem uma emoção dentro do espectador, pare de fazer meros registros.

Pergunte a si mesmo as perguntas dadas na dica anterior. Use-os para determinar se você irá ou não capturar a imagem. Não tenha medo de deixar um lugar bonito sem capturar uma única imagem. Nem todos os lugares bonitos são fotogênicos. Aprenda a curtir os arredores e não se preocupe em registrar tudo com sua câmera.

Não há um modelo para uma grande imagem, mas elementos como luz, composição, ponto de interesse e clima desempenham um papel importante. Se a imagem está faltando esses elementos, vai realmente chamar atenção?

Para conhecer mais sobre o trabalho de Christian, acesse seu site ou Instagram.


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!